2010 em um disco e uma música, por Sérgio Martins

Disco Nacional: Chico Pinheiro – Flor de Fogo

É um disco que recupera as melhores tradições da música brasileira, como as melodias ricas, e traz algumas das melhores interpretações da cantora Luciana Alves.

Disco Internacional: Sharon Jones & The Dap-Kings – I Learned the Hard Way

2010, para mim, foi da soul music. E poucas figuras representam melhor o casamento da old school com o R&B moderno como essa cantora.

Música Nacional: Luisa Maita – Fulaninha

Esta menina, para mim, fez o grande disco pop de 2010. Como prova Fulaninha, uma mistura de coco e dancehall.

Música Internacional: Christian Scott – The Eraser

A versão deste trompetista americano para esta canção de Thom Yorke (Radiohead) é tudo que eu espero de um artista: uma música sem ranço passadista, ao mesmo tempo em que respeita regras básicas de melodia e harmonia.

.

Sérgio Martins (@serjones) é repórter de música da revista VEJA.