5 artistas que influenciaram o novo disco do Galego

A salada de ritmos e boas parcerias de Galego dão a letra em Transeatlântico, disco de estreia do cantor paulistano Galego. O trabalho saiu há alguns dias e tem tudo pra ser uma das opções mais agradáveis e suingadas em sua playlist. Vale conhecer. E indo além do projeto em si, falamos com o músico sobre o que rolou na vitrola enquanto se inspirava para produzir seu debute. O papo está logo abaixo, em mais uma coluna aqui no Move sobre influências de discos nacionais recentemente lançados.

 

Domênico +2

Ouvi esse disco até furar. Entrou na minha cabeça. Certeza.

Uma faixa: “Comigo”

 

Al Green

Suinguezinho maroto. Balanço. Quem ensina isso pra gente? Marvin Gaye, Curtis Mayfield, Bill Withers, Stevie Wonder, etc. Todos representados por esse som delícia demais do Al Green.

Uma faixa: “Let’s Stay Together”

 

Djavan

Antes que se instaure a discórdia e a polêmica, pra mim é simples: quem quer, quer; quem não quer, não quer. Eu quero – faz tempo.

Uma faixa: “Serrado”

 

Roberto Carlos

Roberto é mestre, né? E essa fase rock n’ roll dele é demais. Fez bastante minha cabeça.

Uma faixa: “Ilegal, Imoral ou Engorda”

 

Jorge Ben

Por mais que eu queira, não tem como não colocar o Jorge Ben nessa lista. E esse disco dele, Força Bruta, my god…

Uma faixa: “Domenica, Domingava Num Domingo Linda Toda De Branco”