Abbey Road é o vinil mais vendido pelo segundo ano seguido

O Abbey Road, dos Beatles, foi o vinil mais vendido de 2010. A informação é da Nielsen SoundScan, um empresa que realiza pesquisas de vendas de artigos de vídeo e áudio. O álbum alcançou a primeira colocação em vendas pelo segundo ano seguido, uma vez que havia sido o mais vendido também em 2009.

Logo abaixo do Abbey Road, aparece um dos mais aclamados álbuns de 2010 – se não o mais -, Arcade Fire com The Suburbs. Fechando o top 3, aparece o duo de blues rock Black Keys, com seu último trabalho, Brothers.

A lista de mais vendidos ainda mistura novos trabalhos, como o Contra, do Vampire Weekend ou o High Violet do The National. Aparecem também alguns álbuns clássicos: Michael Jackson com Thriller, por exemplo, e Pink Floyd com The Dark Side of the Moon.

Veja abaixo a lista completa dos dez vinis mais vendidos de 2010:
01. The Beatles – Abbey Road
02. Arcade Fire – The Suburbs
03. Black Keys – Brothers
04. Vampire Weekend – Contra
05. Michael Jackson – Thriller
06. The National – High Violet
07. Beach House – Teen Dream
08. Jimi Hendrix Experience – Valleys of Neptune
09. Pink Floyd – Dark Side Of The Moon
10. The XX – XX

  • Felipe Fernandez

    Compraria o LP do Arcade Fire, pena que no Brasil seja tudo tão caro.

  • Leonardo Prause

    sou tarado por vinil, queria todos esses ai, o do arcade fire é muito lindo, porém não tem como obter-los novos no brasil, é muito caro. por enquanto fica-se com os sebos de antigos hahaha

  • Uia! 3 da lista em tenho ,acho que só nao compraria os Beatles… *rs

  • A internet reduziu a distância para se obter alguma coisa hoje; basta ter dinheiro ou, para os mais economista com o bolso, tempo. Tempo para pesquisar na rede. Eu, por exemplo, tenho Arcade Fire – “The Suburbs” (disco físico e virtual), Vampire Weekend – “Contra” (virtual), Michael Jackson – “Thriller” (virtual), The National – “High Violet” (virtual), Pink Floyd – “Dark Side Of The Moon” (virtual) e The XX – “XX” (virtual). Gostaria muito de ter todos (discos) físicos. Adoro ver os projetos gráficos. Concordo com a galera que disse que no Brasil os LPs (os CDs também) estão muito caro. Só para comparar: um CD custa em média $ 7,99 (R$ 13,60) lá fora; aqui no Brasil, R$ 35, no mínimo. Infelizmente as pessoas vão baixar de graça, mesmo sabendo que é ilegal. Passou muito tempo a hora de rever a política de preço dos discos físicos. E um recado para as gravadoras: “sapo tem olho grande e só vive na lama”. Grande abraço, gente. =)