“Alguns planos saíram do trilho”, diz Mickey Gang sobre fim da banda

Enquanto milhões de pessoas ao redor do mundo botam “evoluir profissionalmente” nas resoluções de final de ano, o Mickey Gang parece querer andar pra trás. Os quatro meninos capixabas decidiram abandonar a música para “voltar a estudar”, conforme explicaram (ou tentaram explicar, quase monossilabicamente) em entrevista recente à MTV Brasil.

Mesmo sem planos de voltar a compor em um futuro próximo, Arthur Marques, vocalista do grupo, fala sobre lançar o material inédito que ficou enterrado nos HDs: “Nosso primeiro álbum estava praticamente todo composto, a maioria das músicas eram inéditas. Eu não sei se vamos chegar a lançar, acho que se algum dia a gente tiver a oportunidade de terminar, gravar e tudo mais, colocaremos na internet”, explica.

Em pouco mais de dois anos de estrada, o Mickey Gang ganhou indicações no VMB 2009, da MTV, e no Prêmio Omelete Marginal, divisor de águas da cena independente capixaba. A banda também tocou com o Matt & Kim no Popload Gig, do Lúcio, e chegou a lançar material internacionalmente, tudo isso graças a aprovação geral do EP We Have Feelings Too. Por ora, tudo que os garotos parecem querer é “que nossa música sirva de inspiração pra alguém”, além de voltar a dar as caras na escola. Pretensão nunca foi com eles.

2 Comentários para "“Alguns planos saíram do trilho”, diz Mickey Gang sobre fim da banda"

  1. hm, ja sabia que tinha algo a ver com recuperação. joão, joão… mais estudo, menos banheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *