Aos 63 anos, Jimmy Cliff declara sua paixão pelo Punk Rock, com versões de Rancid e The Clash

Jimmy Cliff pode não ser tão popular quanto Bob Marley ou Peter Tosh mas, indiscutivelmente, seu nome é um dos mais influentes dentro da música jamaicana, que começaria a se popularizar na Europa depois do lançamento do álbum The Harder They Come (que nada mais é do que a trilha do filme de mesmo nome, que tinha Cliff no papel principal). Aos 63 anos de idade, o veterano cantor segue o exemplo de bandas que tanto declararam amor à sua música (como The Clash e Rancid) e resolve variar um pouco, partindo para versões reggae de aglumas canções clássicas do punk rock.

Sacred Fire, o mais recente EP de Jimmy Cliff, conta com Tim Armstrong (do Rancid) na produção – fato que só contribuiu para rejuvenescer temas como “Guns of Brixton” (The Clash) e “Ruby Soho” (do já citado Rancid). O resultado possui um delicado balanço que vai além da idade do cantor, trazendo o nome de Jimmy Cliff para o século vinte e um.

Ao que tudo indica, a parceria entre Tim Armstrong e Jimmy Cliff vai render um álbum de inéditas, que deve ser lançado no primeiro semestre de 2012. Ficamos no aguardo.

  • É de conhecimento geral que The Clash tinha um pezinho no reggae – então faz sentido, né?!
    Ficou ótima essa releitura de “Guns of Brixton”, diga-se!!!