Assista ao discurso de Dave Grohl no festival americano South By Southwest

dave-grohl

Como todos já devem saber, nessa semana está acontecendo, em Austin, no Texas, o gigante South By Southwest, festival que reúne um sem-número de atividades relacionadas a cinema, música, tecnologia e tendências, entre outros temas.

E nesta quinta-feira, enquanto rolavam apresentações, pocket shows, gigs patrocinados e festinhas com performances de praticamente todas as bandas legais do planeta, Dave Grohl palestrava. Convidado do keynote speech, um dos músicos mais importantes, inquietos, influentes e carismáticos dos últimos anos falou por uma hora sobre sua trajetória.

“Amigão da galera”, o líder do Foo Fighters, baterista requisitado e diretor de documentário, detalhou  seu começo no mundo da música, gravando fitas demo enquanto mal tinha espinha na cara.

Além disso, contou sobre suas estratégicas dentro da estética “faça-você-mesmo”, a entrada para o Nirvana, a gravação de Nevermind no estúdio Sound City, o abalo com a morte de Kurt, a formação do Foo Fighters e – por que não? – qual seria a reação de Christina Aguilera ao ouvir Bob Dylan cantando “Blowin’ In The Wind” no The Voice. E isso já é mais que suficiente pra você se render ao discurso emocionante e cheio de risadas de Dave Grohl, com cortesia da NPR:

E saiu a versão legendada em português, pra quem preferir:

  • 0 discurso do meu rei

    Ô.Ôu! Dave me desprezaria – eu amava as musicas da era disco!
    Um viciado em café, de instrumento em instrumento…kisera eu ser uma das privilegiadas com uma fita demo do Foo F.
    Curiosamente alguns rezam pela fucking cartilha da Pitchfork; até hoje não gostei de nenhuma banda ali citada!!
    Mas peraí; um roqueiro conhecer todas as musicas dos Beatles depois dos 30? Como assim? O que as filhas dele faziam, eu também fazia antes dos 10 anos! Meus pais compravam os bolachões quando finalmente chegavam em D.de Caxias(R.J.)!!!
    Sarcástico com todos até mesmo com…Atoms for Peace? Não pode, Dave! rrrrrrrrsssssssss