Baterista do Band of Horses revela, em entrevista exclusiva, que novo disco chega em setembro

A caminho do Brasil e uma das principais atrações deste sábado do Lollapalooza BR, o Band of Horses traz na bagagem 3 discos com misturas belíssimas de rock, folk, indie e influências de alt. country.

Creighton Barrett (primeiro à esquerda) e o Band of Horses

Antes de embarcar para São Paulo, Creighton Barrett, homem das baquetas do quinteto de Seattle, separou uns minutinhos para falar por telefone com o Move That Jukebox, cortesia da Som Livre – que, aliás, já colocou Infinite Arms, trabalho mais recente do BoH, nas lojas do país. Se você ainda não conhece o disco, comece agora pelo ótimo single “Laredo”, disponibilizado para download gratuito como Single da Semana no iTunes.

Barrett, de bom humor e bem comunicativo, explicou por que o grupo tem deixado de lado as músicas de seu terceiro álbum. De acordo com o baterista, a maioria das faixas de Infinite Arms são mais elaboradas, cheias de camadas de som e não seriam adequadas para a primeira visita da banda à América Latina, principalmente participando de um festival cheio de bandas bem roqueiras como Foo Fighters e Cage The Elephant.

Sobre a banda de Dave Grohl, Creighton revela que se dá bem com os integrantes e que já tocaram juntos algumas vezes – o Band of Horses, aliás, chegou a abrir shows do Foo Fighters na Wembley Arena no começo de 2011.

Assista à banda apresentando “Laredo” no palco de David Letterman

Questionado sobre como é tocar em uma banda que já tem 10 ex-integrantes, Barrett foi político. “Às vezes leva tempo até chegar na formação ideal, com pessoas com as quais você se dá bem e gosta de tocar junto”, esclarece. Apesar das várias mudanças no line-up do grupo, Chreighton é o segundo membro mais antigo, ficando atrás apenas do vocalista e fundador Ben Bridwell.

E pra quem está curioso pra saber quando o quarto disco de estúdio do Band of Horses irá sair, boas notícias. De acordo com Barrett, a banda já tem bastante material pronto e irá retomar as sessões e a produção, em Los Angeles, logo após os shows latinos. A previsão é que o novo trabalho seja lançado em setembro, novamente pela Columbia Records.

Sobre influências recentes e novidades em seu iPod, o baterista deu algumas sugestões. O cantor americano A. A. Bondy, o músico Andrew Bird e seu belíssimo novo disco, e St. Vincent, banda liderada por Annie Clark, são alguns dos sons que têm mais mexido com a cabeça do carismático músico, e são também as recomendações dele pros leitores do Move That Jukebox. Se fosse vocês, seguiria as dicas.

O Band of Horses se apresenta às 17h deste sábado (07), no palco Butantã da primeira edição brasileira do Lollapalooza.

(Não conte pra ninguém, mas Barrett revelou a POSSIBILIDADE de um jam session acústica da banda no palco Kidzapalooza em algum dos dois dias. Então, fique esperto!)