Beco 203: novo clube de São Paulo vem do Sul; Vale a pena conhecer

Hoje à noite, quinta-feira, o clube mais bombado do Rio Grande do Sul inaugura sua versão paulistana com as Chicks on Speed (meio live, meio DJ) e DJ set de um monte de gente boa. Mas o que mais o Beco 203 tem a oferecer?

Ontem o lugar fez uma festa de inauguração fechada, daquelas com bebida de graça e duzentas pessoas tentando pegar um drink ao mesmo tempo. E, falando a real, a coisa me surpreendeu bastante: inevitável encontrar alguns traços do Studio SP – antes, ali funcionava o Comitê, dos mesmos donos do Studio -, mas a decoração foi totalmente renovada. A iluminação ficou bem legal e, no teto, além de umas bolas que ficam mudando de cor (é muito mais legal ver do que falar sobre), colocaram umas bandeiras com umas indie celebs, tipo a Beth Ditto (obs: a bandeira dela era redonda, se não me engano hehe) retificando: são uns desenhos bem bonitos, mas não tem nada a ver com indie celebs. tava sem óculos, heh. Os papéis de parede são bem parecidos com os do Beco de Porto Alegre, dizem. Uns amigos meus de POA que foram na festa até comentaram: “bah, agora eu posso mudar pra São Paulo sem problemas, tá afudê isso aqui”. Sério.

Pra quem vive reclamando no twitter do calor de balada, o Beco tem uma novidade: pela primeira vez na história de São Paulo, os lindies vão ter a opção de ir a um lugar em que o ar condicionado vai dar conta de todo mundo. Ufa. Logo no início da festa tava frio, até.

A casa tem dois andares: no de baixo fica o palco, dois bares e um palquinho extra para quem quer sentar E/OU fazer pole dance – aqueles postezinhos não vão aguentar muito, parece, porque logo na primeira festa a galera se esfregava tanto naquilo que parecia até ser de ouro. No segundo piso estão os banheiros e o caixa.

O Beco é bem acessível, no meio da bagunça da Augusta, então pode acabar sofrendo com o público paraquedista que vai entrando nos lugares sem saber o que quer e, no final, acaba prejudicando o clima. Vâmo vê.

Pra quem quer conhecer a casa, vale a pena passar por lá na sexta-feira, dia 18, que tem Indierokkers – festa do Machuca, um clássico em Porto Alegre – com show do Garotas Suecas e DJ set de Pedro Metz (Pública), Rafael Urenha (Party Íntima) e do Move That Jukebox! No meio de abril, o Beco também recebe show do Miami Horror em festa fechada do Multishow. Como lidar?

Foto: Camila Mazzini