“Como Estar Sozinho”, por vários artistas canadenses que você provavelmente não conhece

“Se você não consegue encontrar a felicidade sozinho, você não vai encontrá-la em um relacionamento”. Foi com uma frase dessas, bem marcante, que o curta-metragem “How To Be Alone”, de Tanya Davis, foi recebido no YouTube. Não é por menos: se você, assim como eu, nunca simpatizou por poesia, essa será sua primeira oportunidade (ou uma das primeiras, não sei) de entender e sentir uma. Com uma base musical simples e fofinha, à lá M. Ward, a canadense declama o texto que explica o título do curta – “how to be alone”, ou, em bom português, como viver sozinho sem ser insuportavelmente carente e sem perspectiva de melhorar. Enquanto a auto-ajuda vai entrando pelos seus ouvidos, a parte gráfica, com filmagens simples e desenhos em stop motion, tornam seu interesse ainda maior. Tanya Davis, sua linda!

Além de escrever poesia, Tanya já lançou dois discos – Make a List, de 2006, e Gorgeous Morning, de 2008, ambos quase impossíveis de serem encontrados para download gratuito na internetz. Duas das melhores músicas da mulher estão na sequência:

Tanya Davis – Art

[audio:http://movethatjukebox.com/wp-content/uploads/2010/08/04-Tanya-Davis-Art.mp3|titles=Art]

Tanya Davis – Thesaurus

[audio:http://movethatjukebox.com/wp-content/uploads/2010/08/01-Tanya-Davis-Thesaurus.mp3|titles=Thesaurus]

E, aproveitando a temática “How To Be Alone”, vamos com mais algumas boas músicas sem tirar o pé do Canadá:

Forest City Lovers – Orphans

[audio:http://movethatjukebox.com/wp-content/uploads/2010/08/forestcitylovers_orphans.mp3|titles=Orphans]

Jenny Omnichord – Blankets and Bones

[audio:http://movethatjukebox.com/wp-content/uploads/2010/08/jennyomnichord_blanketsandbones.mp3|titles=Blankets and Bones]

The Museum Pieces – Stay Too Long

[audio:http://movethatjukebox.com/wp-content/uploads/2010/08/The-Museum-Pieces-Stay-Too-Long.mp3|titles=Stay Too Long]

The Olympic Symphonium – Intentions Alone

[audio:http://movethatjukebox.com/wp-content/uploads/2010/08/theolympicsymphonium_intentionsalone.mp3|titles=Intentions Alone]

[Ah, não posso esquecer que o vídeo que puxou tudo isso, “How To Be Alone”, foi uma dica do Breno]

  • resumiu bem o que penso e vivo, muito legal. (:

  • Ignacio

    Alex, falando em bandas canadenses, estive em vancuver a poucas semanas atras e conheci uma banda canadenese tocando um dia na rua à qual vale a pena conhecer. A galera desse pais tem muito talento mesmo. A banda chama Redgy Blackout, se tiver tempo ouça eles pelo myspace, vale a pena: http://www.myspace.com/redgyblackout