Concorra a ingressos para o Planeta Terra Festival

[UPDATE] Amigos, não foi NADA fácil ler as mais de 500 respostas que vocês se empenharam em fazer. Valeu a todos que participaram. Teve gente querendo ressuscitar Superguidis, Beatles, Ramones e Fratellis. Teve gente pedindo, veja bem, Teatro Mágico. Teve gente querendo quebrar tudo logo de início com Arctic Monkeys e Foo Fighters. E teve muuuuuuita gente pedindo Two Door Cinema Club e Foster The People. Pois bem, depois de muitas opiniões, a equipe Jukeboxer chegou no consenso que os ganhadores que levarão um ingresso cada pro Planeta Terra serão Tiago Coutinho – que trouxe à tona a saudosa ARETUZA e ainda pilhou de botar um open bar pra derrubar a galera no começo da festa – e o Sandro Miranda – que tava nas dorgas quando bolou uma teoria maluca sobre a ligação da letra M com o festival. Sandro e Tiago, entraremos em contato por e-mail pra falar sobre os procedimentos de retirada dos ingressos, beleza? E é isso. Nos vemos no próximo dia 5, no Playcenter! [/UPDATE]

.

Quer pegar os showzaços do Planeta Terra desse ano mas ficou sem ingresso? Bem, nós, como bons embaixadores que somos, iremos matar sua vontade de ver gente como Julian Casablancas e Liam Gallagher bem na sua frente.

Mas antes, dá uma passada no nosso busão! A primeira fase do concurso da Trident acaba hoje e o ganhador vai poder levar 10 aliados da sua lotação com ele. Ou seja, maaaaais chances pra você não perder o festival mais esperado de 2011. E se liga nos ônibus que têm o gadget especial do Move That Jukebox, que é uma jukebox estilizada e que poderá ser ativada pelo celular dos frequentadores do busão lá no dia do festival. Mas pra isso acontecer, bora dar uma força pra gente e pro Rock ‘n’ Beats no ~Moving Beats~.

Enquanto isso, você pode tentar a sorte nos nossos comentários e, quem sabe, levar pra casa 1 ingresso cortesia pro evento, que rola no dia 5 de novembro, no Playcenter.

Seguinte: imagine você como um dos curadores do festival. Chegou a hora de decidir qual banda você irá sugerir para a abertura dos shows. E aí? Qual seria a sua escolha e por quê? Não precisa ser um dos grupos que já estão no line-up, ok? As DUAS respostas que mais agradarem toda a crew do Move levam um ingresso cada.

Estamos entendidos? Pode abarrotar a caixa de comentários com sugestões até o dia 11 de outubro, porque aí, se você for um dos ganhadores, já sai pra encher a cara na balada no pré-feriado. Mas ah, não se esqueça de colocar nome e e-mail.

Boa sorte. VALENDO!

514 Comentários para "Concorra a ingressos para o Planeta Terra Festival"

  1. Minha sugestão seria abrir com Toro Y Moi pra todo mundo ja começar o festival chapado com o Chillwave e suspender a atmosfera do Planeta terra.

  2. Eu escolheria a banda El Guincho e eles abririam os shows com a música Bombay, para dar aquele agito bagunceiro e sensualizador. Dúvido alguém não aquecer com essa música.

  3. Noel Gallagher ! porque ao contrário do Liam, ele deu mto certo solo, e tbm pra deixar um clima mais competitivo e interessante.

  4. Eu colocaria o Noel Galagher’s High Flying Birds pra abrir pro Beady Eye. Só pra causar um climão tenso nos bastidores.

  5. Traria com certeza a banda de Sheffield The violet may, banda do cara da capa do primeiro album do arctic monkeys. Simples, com um som sujo e delirante, eles seriam perfeitos pra abrir um show que tem tudo a ver com a atmosfera do Planeta Terra, trazendo um som novo, inovador que muita gente iria pirar!!

  6. Sabonetes. Eles lançaram um álbum excelente em 2009, com hits maravilhosos como Quando Ela Tira o Vestido e acho que não tiveram o reconhecimento que merecem até agora. Sabonetes é uma banda alegre, que faz música nacional de qualidade e tem cacife pra abrir um festival com o porte do Planeta Terra, que conta com um público que facilmente poderia ser público deles também.

  7. Cansei de Ser Sexy com certeza! Tem tudo a ver com o festival, é uma banda brasileira e consagrada.

  8. Bon Iver seria uma boa pedida, já que o som da banda é algo único e se destaca bastante atualmente. O ritmo mais calmo seria ótimo para envolver a platéia no início do festival. Músicas perfeitas para abrirem um festival no estilo do Planeta Terra em uma bom dia de sol.

  9. Outra banda que deve agradar a multidão do Planeta Terra é Boy & Bear. O som descontraído e harmonioso ficaria muito bem ao lado de bandas como o Bombay Bycicle Club e animaria muito o festival.

  10. Apesar de bastante óbvia para o pessoal do site, o Wannabe Jalva realmente se encaixa perfeitamente nos moldes do festival. A banda merece ter seu som espalhado, principalmente por terras brasileiras! As músicas possuem uma vibração característica, capaz de animar a todos.

  11. Ritmo suave? Em festival?

    Quero é aproveitar a solzeira linda que vai estar na tarde de 5 de Novembro, então pode colocar um A-Punk no talo pra galerar não parar de pular e agitar!

    Sol + Festival = Toca aí, Vampire Weekend!

  12. Só pode cantar em inglês, quém é da Russia tb é do planeta terra, chamem FLËUR pra abrir.

  13. Tem uma banda que eu estou doido pra ver tocando em algum lugar mas por enquanto eles são muito underrated, a banda é produzida pelo Isaac do Modest Mouse e se chama MORNING TELEPORTATION.

  14. se eu não fosse curadora e mesmo assim pudesse escolher, escolheria uma banda beem colorida, pra todo mundo ficar bravo e não querer chegar cedo… daí eu chegaria na grade facilmente! rs
    mas com no caso eu seria, escolheria Panic! at the Disco, pra abrir com Time to Dance e colocar todo mundo pra pular!

  15. Miles Kane. O ritmo levemente agitado e envolvente iria levar a galera a sair daquela sensação neutra de “acabei de chegar” até dançar e se empolgar pro resto dos shows da tarde linda que vai fazer sem precisar de muita cerveja!

  16. Eu montaria uma super banda com Goldfrapp, Peter Björn and John, Toro y Moi, Broken Social Scene, White Lies, Criolo, Garotas Suecas, Bombay Bicycle Club, Groove Armada, Nação Zumbi e The Name. Porque assim eu poderia ver o trio Interpol, Beady Eye e The Strokes mais rápido !

  17. The Radio Dept., uma banda sueca de dream pop incrível. abrindo com “domestic scene” seguida de “heaven’s on fire”, vai combinar super com o sol do início do festival.

  18. Escolheria Television por ser uma das bandas que mais influenciaram os Strokes que por sua vez influenciou uma década de artistas, seria um bom encontro com o passado e perceber o quanto o rock pode se reiventar bebendo das mesmas fontes.

  19. Escolheria a Banda Uó para as bandas que estão participando do festival perceberem que o eletrobrega nesse Brasil é muito do Rock’n’roll! Além de que a agitação do público iria deixar todos bem animados e prontos para detonar com nossas mentes…

  20. Eu montaria uma super banda com Goldfrapp, Peter Björn and John, Toro y Moi, Broken Social Scene, White Lies, Criolo, Garotas Suecas, Bombay Bicycle Club, Groove Armada, Nação Zumbi e The Name. Porque assim eu poderia ver o trio Interpol, Beady Eye e The Strokes mais rápido ! A seleção do Terra está incrível, mas, pra quem pretende ficar na grade, quanto mais rápido chegarem os últimos shows, menos fome, sede e ansiedade passarei.

  21. Escalaria uma parceria entre Carlinhos Brown e Erasmo Carlos, com o Glória como banda de apoio. Porque sou dono de uma fábrica de garrafas d’água e vou patrocinar o evento.

  22. Arcade Fire, porque já começariam com a música “Ready to Start” e começaria o festival em grande estilo!

  23. Noel Gallagher. Seria perfeito, o cd dele está incrível. O bônus da noite seria irritar o Liam.

  24. Pode parecer uma escolha bem óbvia, mas Arcade Fire, depois do The Suburbs ano passado, seria perfeito. Por ser uma banda mais “acessível”, o festival também já começaria com todo mundo lá, animados desde o primeiro show.

  25. Ou quem sabe Florence + The Machine, que precisa urgentemente vir pro Brasil. Daí já unia o útil ao (super)agradável, com uma ruiva maluca começando o festival.

  26. Em nome da honra de todos que foram ao Planeta Terra 2010, eu chamaria nada mais nada menos do que o Daft Punk. Afinal, muita gente acabou esperançosa com a participação dos caras no show do Phoenix. Nossos robozinhos preferidos aterrisariam sua nave pra abrir o Planeta Terra 2011!

  27. Móveis Coloniais de Acajú, sem dúvida! Além de fazer jus a boa música nacional (ainda) existente na atual geração, só presenciando um show deles pra saber o que é a energia de todos esses caras em cima do palco. 😉

    (Mas olha, se puder dar outra sugestão e essa for internacional, fico com The xx. Mesmo merecendo serem atração principal de qualquer festival.)

  28. Com certeza colocaria Two Door Cinema Club… Eles vieram para o Brasil esse ano, mas não tocaram em SP. Além de terem a cara do festival, não deixariam ninguém ficar parado logo no começo do evento!

  29. Ah é claro que eu levaria o Muse. Uma das maiores e melhores bandas de rock alternativo britânico, que está fazendo um grande sucesso no mundo inteiro, e cada vez mais conhecida aqui no Brasil. Este ano vieram fazer a abertura do show do U2, em SP, da turnê 360, e isso nao é pra qualquer um nao hein. O som dos caras é sensacional e com certeza ninguém iria ficar parado. Trazendo o Muse, o Planeta Terra iria ser fenomenal!

  30. Móveis Coloniais de Acaju! Pra mostrar pro público que o rock brasileiro não morreu e está mais vivo e animado do que nunca! Pro Planeta Terra começar animado e com todos dançando até o último minuto.

  31. Cold War Kids e suas músicas intensas. Uma banda de músicas densas, mas ao mesmo tempo libertadores feitas pra se ouvir e cantar com o coração, assim como se deve levar o festival: de coração leve e absorvendo os momentos únicos por eles oferecidos. Além disso, vale ressaltar que a banda é a cara do Festival e cai muito bem como trilha sonora de um por-do-sol lindo como o que a gente vê do playcenter. 🙂

  32. colocaria o Pearl Jam. oras, não consigo pensar em outra banda com hits suficiente pra tocar de sexta à noite até sábado à tarde sem deixar a peteca cair. seria a única forma de compensar a demora pra tocar no Brasil novamente.

  33. Metronomy, que está com um disco ótimo e, em 2009, muita gente não teve oportunidade de ver, pois tocaram no mesmo horário do Sonic Youth.
    Além disso, o clima do disco combina muito bem com um final de tarde de sol.

  34. Mayer hawthorne. Não seria nada mal começar o Planeta Terra com uma leve pegada soul. Sem falar que o cara está prestes a lançar um álbum novo.

  35. Little Joy, cara. Convoca os caras, aproveita que o Fabrizio já estará aí e convoca o Amarante e a Binki. Imagina que delícia: fim de tarde no parque de diversões e “Brand New Start” ao vivo?

  36. Eu sugeriria o Cachorro Grande, a banda mais ‘arroz de festa’ para abrir os shows de rock gringos (Oasis, Interpol, Aerosmith – além de vários que não me recordo agora…rs), entretanto com vários “hits” e muita energia para abrir os trabalhos do Planeta Terra 2011.

  37. Devendra Banhart porque além de fazer um show animado, cheio de influências brasileiras, poderia rolar uma pontinha dele no show dos Strokes, já que ele é amigo do Fab.

  38. Do Amor, a banda carioca certamente contagiaria todos com seu, segundo as próprias palavras do grupo, “Rock Melado Axé Sensual”!

  39. Devendra Banhart porque além de fazer um show animado, cheio de influências brasileiras, ele poderia fazer uma participação especial no show dos Strokes, já que ele é amigo do Fab.

  40. Para a abertura dos trabalhos no Planeta Terra : KINGS OF CONVENIENCE !

    Argumentos da curadoria : Kings of Convenience é uma banda que tem a cara do Planeta Terra, não é muito popular e portanto não causaria tumulto p um início de festival, mas ao mesmo tempo seria uma atração super IN no line-up. E, por fim, pq o som deles é muito incrível e é perfeito para garantir um final de tarde inesquecível.

    Está feito, I’d Rather Dance With You !

  41. Colocaria o Groove Armada. Já que o line-up fechou, combinaria mais um som desses no começo do que no final, onde queremos ver as bandas maiores, my friend.

  42. Pergunta – a proposta da promoção é ‘viajar’ no q poderia ser ideal ou tem q ser realista considerando os fatos ( já consumados) do PT?

  43. Eu chamaria o Theophilus London pra abrir e deixar todo mundo alucinado e sem entender nada.
    No meio de tanta banda igual que anda saindo por aí, o sr. T. London propõe algo diferente, capaz de empolgar qualquer um.
    Acho que pra acompanhar um festival com Broken Social Scene, que também é algo fora do mainstream, Theophilus London vem como uma boa pedida.

  44. Para a abertura dos trabalhos no Planeta Terra : Foster the People!!! e já podiam começar tocando Houdini!!! não dá pra ser melhor.

  45. Como ainda falta uma banda de abertura no palco indie, com certeza colocaria alguma banda brasileira… uma banda que tem bastante a cara do festival mas ainda não tocou é Nevilton! Os caras estão ai a um tempo já agradando a galera e acho que chegou a hora de tocarem no Planeta Terra! =D

  46. Colocaria a Banda Canastra, que já começaria o festival com um show MUITO animado.

  47. Botaria o Holger e seus ritmos caribenhos para abrir o festival com classe e não deixar ninguém paradinho, todos prontos para agitar com as atrações seguintes!

  48. Noel Gallagher, pois um possível jam com o Beady Eye levaria à loucura os milhares de fãs do Oasis lá presentes e certamente entraria para a história.

  49. Eu traria She & Him pra fazer a abertura! Não sei pra vocês, mas pra mim tem bandas que combinam com certo tipo de ambiente – por exemplo, show do Interpol à noite > de dia.

    Como os trabalhos em festivais começam à tarde, seria lindo ver a Zooey e o M Ward com suas canções numa tarde gostosa! Imagina “In The Sun” ecoando no Playcenter =D Sem contar que precisa ser algo animado e divertido pro pessoal aquecer e os dois sabem fazer isso muito bem.

  50. O Digitalism seria incrivel iria abrir o pt com muito qualidade e energia positiva fora que poderia rolar uma participação do julian casablancas cantando a forrest gump isso sim seria incrivel

  51. Wannabe Jalva! O festival já tem as grandes bandas internacionais que queremos ver, tá faltando a grande revelação nacional. Wannabe Jalva nos festivais já!

  52. Colocaria uma mulher de atitude para abrir o festival: Juliette Lewis.
    Rock com autenticidade, tem a ver com a proposta do festival.

  53. Edward Sharpe and the Magnetic Zeros porque assistir uma performance ao vivo da banda é uma experiência quase transcendental que todo o Planeta Terra TEM que experimentar.

  54. O Holger também seria um dos indicados para abrir o festival. O álbum Sunga deles está bem bom e acredito que eles conseguiriam fazer o serviço de animar toda a galera e preparar para as outras bandas muito bem.

  55. O SuperHeavy, o mix mais louco de artistas da atualidade. Ia ser legal ver a mistura de estilo dos caras (e da Joss Stone) em palco.

  56. Chamaria os caras do Vivendo do Ócio, porque eles têm uma pegada bem semelhante ao rock que The Strokes (a principal atração) fazia em Is This It, e que causou aquela comoção, a ponto de serem eleitos salvadores do estilo. A VDO já ganhou festivais, o prêmio de aposta da MTV e tá trilhando um caminho bonito, mas não sei porquê nunca os ouvi na rádio. Quem não pira ao ouvir Jajá gritar “ESCUTA AQUI, SUA MALUCA!” ? Acho que abrindo o Terra, ganhariam os merecidos holofotes, e nós ganharíamos a noite 😉

  57. A Christiane Torloni podia abrir o festival dizendo: “Hoje é dia de rock, bebê!”.

  58. O Júpiter Maçã podia abrir o festival com a música “Um lugar do c*”, porque, como diz a letra: “Eu preciso encontrar um lugar legal pra eu dançar e me descabelar. Tem que ter um som legal. Tem que ter gente legal e ter cerveja barata.”.

  59. Uma frontwoaman: Christiane Torloni! aiuehaiuehaiuehaiuehaiuehauiea #Hojeédxiaderockbebeês!!!

    ah e podia ser o Detonautas pra começar e destoar do line-up perfeito do Planeta Terra desse ano iauheiauheaiuehaiuehaieuaheiuaheiuaheaui #EUQUEROIHHHHHHHHHHH

  60. Com certeza PATO FU, porque é uma banda que anda sumida das paradas e seria bem legal ressurgir em um grande festival como o Terra!! e tbm porque é uma banda que já mostrou como ser uma banda de abertura em um grande festival.

  61. Criolo, certamente. Pra já começar na Linha de Frente mostrando que Roba a Cena mesmo sob Chuva Ácida fazendo o público ficar No Sapatinho até as 4 da Manhã; mostrando pra qualquer descrente que Ainda Há Tempo e existe, sim, Amor em SP.

  62. Escolheria Chromeo, porque os caras mandam um som de muita qualidade, são bem conhecidos e sem dúvida agradariam os fãs de rock, indie e eletrônico.

  63. Com certeza Foster The People! Aliás, por que eles já não estão no line-up? Tem que ver isso aí!

  64. Eu escolheria o Júpiter Maçã! O cara é um mito e colocaria o povão do Planeta Terra para dançar!

  65. Escolheria a banda curitibana Sabonetes! O som deles é bom, dançante e como curitibana, estou compartilhando o bom som que temos na nossa cidade!

  66. Eu colocaria o Cabana Café para abrir um dos primeiros shows mais ~calminhos~. Porque acho que a banda é muito a cara do festival, não sei definidir isso ai de “cara de festival” então, eu acho que é essa a banda que eu colocaria para abrir algum dos principais shows.
    Pensei em falar alguma banda maior, como sei lá vai, Vampire Weekend, mas acho que bandas assim não devem ser a atração de abertura, devem ser A atração, já que, aqui, como estamos analisando a situação como “serious business” acredito que as bandas brasileiras fiquem muito lisongeadas quando oportunidades assim lhes são dadas.
    É isso, valeu forte abraço.

  67. Traria os Beastie Boys, porque os caras estão com um cd novo muito bom e a muito tempo nao aparecem por aqui. Pra esquentar a galera logo de cara.

  68. Chamaria os australianos do Jet. É banda que emplacou hits como “Are You Gonna Be My Girl” e “Cold Hard Bitch” que, com certeza, são conhecidos pela galera que irá ao festival. Além disso, seria um bom retorno pra banda que está um pouco sumida da mídia.

  69. com certeza o Arcade Fire. desde o ano passado, com o Grammy que ganharam, eles passaram para a elite da música independente e seu público aumentou exponencialmente. mas não é por público que o Arcade Fire deveria abrir o Planeta Terra, é pela sua música. os canadenses são capazes de fazer uma música grandiosa, épica e universal, capaz de agradar todo mundo. mas por mais gigante que seja, a música do Arcade Fire é também algo extremamente íntimo e pessoal, introvertido e pessoal. é um espetáculo para todos ao seu redor e para o seu íntimo.

  70. Little Joy seria uma ótima pedida também. Daria para aproveitar que o Fab já estaria no festival com o Strokes, e os fãs de Los Hermanos se deliciariam com a voz inconfundível do Rodrigo Amarante.

  71. Cadê o Tame Impala nos shows, Brasil? Seria um aquecimento e tanto, os caras são muito bons! By the way, só não sugiro Arcade Fire porque a banda é digna de fechar o fest… já deixei a dica pro ano que vem 😀

  72. Planeta terra, calor, Playcenter, dia, isso pede óculos escuros e um clima de festa e amizade!! Little joy ou cachorro grande!!!

  73. Noah and The Whale seria perfeito pra alegrar o final de tarde do público,e pra galera começar com a sensação de que o que vem pela frente vai ser foda.

  74. The Fratellis. Os caras não são mainstream aqui mas também não são desconhecidos. Eles conseguiriam fazer todo mundo se desligar por um momento dos Strokes e do Beady Eye com aquelas músicas que você com certeza já ouviu mas não sabia de quem era.

  75. FOSTER THE PEOPLE, pra já começar esquentando o Planeta Terra,ainda mais na crescente que o grupo vem o show deles tá cada vez melhor, foster the people pro esquenta da galera!!!

  76. Concerteza eu escolheria os Sabonetes porque eles são uma banda nacional que tem a cara do Planeta terra.
    Eles lançaram um album muito bom e estaria valorizando a música nacional.

  77. Escolheria para abertura dos shows a banda Cidadão Instigado, por se tratar de uma banda que tem tudo a ver com o festival, ser uma banda nacional, pois nada mais justo que uma banda nacional abrindo um festival no Brasil e porque todos os cidadão brasileiros ficaram muito instigados a comparecer no festival Planeta Terra.

    NOME: Rafael Gazola Brandão
    EMAIL: rafaelgbrandao@gmail.com

  78. Apanhador Só. Com certeza uma das melhores bandas indie da música brasileira na atualidade. O show deles é muito animado e as músicas bem enérgicas, ótimo pra começar o festival com o pé direito.

  79. No palco principal colocaria a banda Copacabana Club, paga agitar a galera com a música Sex sex sex, e no palco indie sem duvida Foster the People com a música Helena Beat pra animar TODOS! hahahaha

  80. Little Joy! Porque o Amarante já tá aqui no país mesmo, o Moretti já vai estar também pro show dos strokes e seria uma boa desculpa pra ele trazer a namorada dele e terceira integrante da banda Binki Shapiro. Fora que Joy é meu apelido e eu podia fingir que eles vieram só por minha causa 🙂

  81. Architecture in Helsinki. É uma das minhas bandas favoritas e cada um dos quatro álbuns têm sons bem diferentes um do outro, agradando as mais diversas pessoas e criando assim um clima legal para abrir o festival!

  82. Depois de deixarem todos com água na boca na edição do ano passado devido a uma possível aparição no palco do Planeta Terra, definitivamente abriria esse ano com DAFT PUNK! Já que é pra botar pra quebrar tudo nesse ano, que seja com o welcome music deles!!! Afinal, não queremos passar vontade novamente!!!

  83. Tem 2 bandas otimas cujos caches ainda nao sao absurdos: Best Coast e Heartsrevolution. Presta atencao que elas vao acontecer e ai o Terra nao vai conseguir bookar messhmu!

  84. Eu acho que o Little Joy deveria abrir o festival, já que o Fabrizio Moretti vai estar lá, faria um ótimo aquecimente e uniria o útil ao agradável. Agora, só não tá tão agradável, porque eu ainda não tenho ingresso, ai sim, tudo seria extremamente agradável!

    Nome: André Guedes Trindade
    e-mail: andreguedest@gmail.com

  85. DEVO – Porque esses são os tiozinhos mais pirados do mundo da música e com certeza fariam uma abertura de arrepiar no Planeta Terra!

  86. Colocaria Kasabian, é uma banda que combina muito com o estilo do festival e tem uma presença de palco absurda. Seria incrível.

  87. A melhor sugestão de todas pra abrir o Planeta Terra. Façam a imagem: final de tarde no Playcenter, em São Paulo. O sol começando a se pôr entre as nuvens paulistanas (de sempre, é inevitável). O palco principal se abre, e do lado esquerdo vem, a passos lentos, um senhor com seu vilão.
    O senhor, o nobre João Gilberto. Prepara-se diante de seu microfone, e faz soar seus primeiros acordes de alguma bossa magnífica.

    Daria pra ser melhor que isso?

    ps: um detalhe, Terra. João Gilberto estará em São Paulo no dia do festival.

  88. Eu escolheria o Rogério Skylab, que é sempre deixado de fora desses festivais e, além de ter um som genial, tá perto da aposentadoria.

  89. Se tivesse essa honra, escolheria Incubus. Tanto por gosto pessoal quanto por achar a cara do Planeta Terra e do público também. THE END HAS NO END.

  90. James Blake, para deixar o palco ‘levinho’ antes de liam e julian ‘esquentarem’ tudo!

  91. Com certeza Two Door Cinema Club, com Something good can work eles mostrariam o quanto que o festival deveria funcionar!

  92. Los Hermanos.
    Não tem como negar. A vontade de TODOS pra que essa banda volte a ativa é enorme. E o Planeta Terra é o lugar perfeito pra isso acontecer.

  93. seria lindo se she and him tocasse, ou last shadow puppets (SONHO), ou até scarlett johansson & pete yorn… abririam com classe!

  94. E por que não Ganeshas pra abrir o Planeta Terra? Banda de nova de rock no cenário nacional, alternativa e tudo a ver com a ideia do festival, rock alternativo, rock novo!

  95. Gold Panda para deixar a órbita do Planeta terra logo no inicio, com seu som psicodélico. 🙂

  96. Acho que pediria o Dropkick Murphys… os caras são uns bebuns de primeira, agitam pra caral** os shows, chamam a galera pro palco, jogam cerveja na cabeça do publico e ainda cantam muito… será que é pedir demais uma banda dessas pra abrir um festival tão incrível quanto o Planeta Terra? 🙂

  97. Abriria com Tom Zé, com participação da Tulipa Ruiz. Seria delícia, diferente, bem Brasil sem clichê. Já deixaria todo mundo feliz logo de cara!

  98. Ariel Pink
    Intergalactic Lovers
    The Grey Kid
    La Roux
    Dan Deacon
    Class Actress

    São bandas relativamente pouco conhecidas ou novas mas que conseguem com certeza expressar o conceito do festival assim como estarem alinhadas a qualquer line up escolhido.

  99. Arcade Fire, com certeza! Combina perfeitamente com o resto da line-up, fora que o show dos caras é a coisa mais mágica do mundo!

  100. Supercombo, brasileira e meio alternativa. Acho valido valorizar as poucas banda OTIMAS que temos no Brasil.

  101. Vejamos, para abrir um festival não pode ser uma banda tão famosa e já com alguns anos de estrada e nem pode ser uma banda pequena que ninguém conheça. Por isso escolheria The Drums com toda certeza, para o Jonny Pierce poder fazer a suas dacinhas hiper-mega-cool pra levar a loucora o Planeta Terra.

  102. Para abrir os shows eu iria propor uma parceria do “Foster the People” com o “Strange Talk”. Duas bandas com uma pegada de Indie Rock muito legal que combinaria muito bem com o festival. Como são bandas relativamente novas e com repertório não tão grande, elas poderiam se completar e começar o Planeta Terra com um puta show!

  103. Escolheria o The Vaccines para abrir novamente pois dessa vez teria que trazer o Arctic Monkeys junto!! Claro que é uma proposta impossível mas seria uma aquisição polêmica e emocionante para o lineup!

  104. Arctic Monkeys, porque num festival com varias bandas de rock indie/alternativo nada como uma das melhores bandas de indie rock da atualidade para abrir um festival dessa importancia

  105. beck puxando um record club do Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band ao vivo não seria nada mal, hein?

  106. Pra abrir tem que ser alguém não muito famoso e pro Planeta Terra tem que ter qualidade e, de preferência, ser uma novidade. Seguindo essa linha eu escolheria o Cícero que acabou de lançar o disco de estréia, botou no Facebook pra todo mundo baixar (facebook.com/cancoes.de.apartamento) e já está gerando comentários positivos nos melhores blogs de música (inclusive aqui no move that jukebox, claro).

  107. Se eu pudesse. Colocaria a minha banda, pois além de ser uma das únicas que não apareceu até agora nos resultados, a gente é a melhor banda do mundo. A minha banda chama Oasis.

  108. Acho que a boa seria o Girls, banda que combina com uma abertura de festival, ainda mais se ocorresse um pôr-do-sol ali pelo meio de Alex, pensa.

  109. ‘Ganeshas’, por ser uma banda pode se dizer comtemporânea, com o estilo bem diferente sendo uma mistura de Rock e MPB e fazendo isso ser uma coisa natural, como se nunca tivesse limitações de gêneros. Músicas bem animadas que já deixam no clima do inicio do festival.

  110. Pediria para abrir, a banda “Cachorro Grande”!
    porque o nome deles ja diz bem o que vai ser o festival, uma “briga de cachorro grande”

  111. Miami Horror, pra abrir o dia de shows levando um clima australiano pras montanhas russas de São Paulo.

  112. Eu escolheria os Cartolas!
    Uma banda muuuuito boa e, infelizmente, pouco reconhecida no país, e que representa muito bem o que há de melhor no rock nacional atualmente!
    \o/

  113. Eu traria os Ramones versão zumbi pro Noites no Terror no Planeta Terra!! Só que aí eles teriam que ser headliners

  114. No ano passado, 4 atrações brasileiras abriram o festival com muitos méritos. holger, hurtmold, novos paulistas e mombojó animaram bastante quem chegou cedo no playcenter. pra esse ano, já temos garotas suecas, criolo e nação zumbi. logo, mais uma brasilidade como abertura do festival seria muito bom!

    Pra começar quebrando tudo, colocaria Macaco Bong e Black Drawing Chalks!

  115. No ano passado o Girl Talk fechou o festival e deixou todo mundo embasbacado com seus mashups mirabolantes.

    Pra esse ano, a gente poderia começar o festival nesse clima, com os mashups do João Brasil!

    Garanto que todo mundo ia começar o festival bem animado!

  116. Eu escolheria a Feist. Primeiro porque essa canadense ergueu uma bela carreira própria com uma boa ênfase em jazz sendo que suas raízes mesmo são o punk. Segundo que, depois de cantar horrores com “1,2,3,4”, a galera iria se emocionar quando ela se juntasse ao seu berço orginal, o Broken Social Scene, cravando “Almost Crimes”, “Shoreline” e “Lover’s Spit” na nossa memória.

  117. british india para que eles iniciassem o planeta terra com GOD IS DEAD, MEET THE KIDS.
    laura-ebert@hotmailç

  118. cake, porque apesar de não ser a mais condizente com o festival, lançou um ótimo. a meu ver, o melhor até então!

  119. Fatalmente escolheria os Deerhunter, pois além do Halcyon Digest ser um dos melhores discos de 2010, as canções da banda tem aquele clima incrível de redenção de fim de tarde. Além disso, nesse ano nós já perdemos a oportunidade de ver o Bradford Cox, com seu Atlas Sound.
    Seria o equivalente ao que o of Montreal conseguiu fazer ano passado, tocar bem na hora em que as luzes se acenderam.

  120. Lykke Li.

    Dance, Dance, Dance é uma música que contém todo o espírito de um festival.

    Mais do que admirar o show, cantar alto ou beber cerveja antes da montanha russa, precisamos deixar a música afetar o corpo, entrar.
    Dançar, dançar, dançar.
    Nesse ano tão 2011, tão no limite de tudo, merecemos soltar um pouco a cabeça, sorrir de olhos fechados. Com ou sem pôr do sol, com ou sem multidão. Merecemos nesse Planeta Terra – e no nosso de cada dia – um pouco mais de amor. Dançar é um abraço que nos damos.

    Dançar, dançar e dançar.

    “Having trouble telling
    How I feel
    But I can dance, dance, dance
    Couldn’t possibly tell you
    How I mean
    But I can dance, dance, dance”

  121. Wilco, apesar de merecer um lugar no mainstream, para todo mundo cantar “I’ll fly” sob o pôr do sol paulistano, cheios de “Wishful Thinking” pelo muito que virá!

  122. podia rolar um Mumford & Sons, que é bastante diferente de tudo que vai rolar no festival já e a música deles é simplesmente genial!

  123. Tune-yards,
    porque a Merril Garbus é uma chacoalhação de teta e bateção de cabelo só!Imbatível!

  124. que tal um The Kooks que tá lançando um cd novo agora?? ia curtir muito e acho que eles iam levantar bastante o público no Playcenter!

  125. Bem,eu abriria com O Editors,já que no line-up tem White Lies,Interpol e Strokes,por que não colocar os caras que tem o estilo tão parecido e contagiante como as bandas citadas,com certeza faria o maior sucesso.Não é muito conhecida do público brasileiro,mas tem um som bem marcante,sem esquecer que colocaria muita gente pra dançar e completaria de vez o line-up.

  126. Homemade Blockbuster, banda de Curitiba, música muito animada e dançante, combina bastante com o line up do festival.

  127. Minha banda de abertura seria o Silversun Pickups. O trabalho dos caras é sensacional, é a cara do Planeta Terra, tem um estilo moderno, mas ao mesmo tempo com muitas influências do alternative dos anos 80/90…

    Conheci o SP através de uma resenha do Move That Jukebox, desde então admiro o trabalho da banda.

    Tá aí, só pra provar que o blog tá sempre trazendo dicas muito boas de bandas. Além disso, é muito conectado com a proposta e o line up do Festival Planeta Terra. Só tá faltando uma coisa: MEU INGRESSO!!!

  128. MopTop!
    Ótima Banda nacional de um rock bem feito!!
    E, apesar de não estarem na ativa, um retorno no Planeta Terra seria demais!!

  129. “The Bravery” é uma banda fantástica que abriria o festival de forma não muito intensa mas perfeita pra esquentar a platéia!

  130. Abrir o Planeta Terra é uma coisa que os garotos do “The Subways” fariam e muuuuito bem! Eles são cheios de energia e deixariam o pessoal super animado pras próximas atrações!

  131. “Reverend and The Makers” é uma banda indie única, muito legal. Suas músicas são animadas e eles seriam ótimos pra preparar o público pros próximos shows!

  132. Imaginem a linda da Florence no palco do Planeta Terra?? DEMAAAIS GENTE!! A voz dela é tudo de bom, as músicas… combina muito com o festival!
    Claro que seria Florence + Machine!

  133. Eu escolheria o Jarvinho Cassetão (Jarvis Cocker)porque até quem não conhece ou gosta resistiria aos “moves” dele e ele ainda poderia se juntar ao Julian Casablancas mais tarde para “Further Complications”.

  134. os caras da banda “Cachorro Grande” seriam ótimos pra abrir o festival. Principalmente por abrir o show de bandas que os influenciaram tanto, como os Strokes!

  135. Uma boa pedida seria Best Coast, as meninas tocam muito!!! Se eu fosse escolher, elas abririam com a música “Happy” que é pra combinar com a vibe de todo mundo que tiver a felicidade de estar lá 🙂

  136. Pra levantar o Terra logo às 4 da tarde e ao mesmo valorizar o que de melhor apareceu nesses últimos anos na cena indie do nosso Brasil varonil, o melhor mesmo seria se rolasse um ‘Apanhador Só’ tocando as versões super-mega-cools do ‘Acústico-Sucateiro’. Essa banda é a cara do festival,já rodaram o país inteiro em turnê e merecem seu lugar ao sol (pôr-do-sol, nesse caso).

  137. Seria simplesmente épico se Los Hermanos abrisse o festival, anunciando aos inúmeros fãs que tudo não passara de um mero hiato e que estão de volta para poetizar nossas vidas.

  138. A banda Cansei de Ser Sexy não dá o ar da graça no Brasil há um tempo, e seria fantástico a volta da filha pródiga para abrir o Festival Planeta Terra. Ainda mais com um disco recém saído do forno…

  139. Wannabe Jalva, abrindo com a música “Something New” porque é uma grande promessa do rock nacional e também se encaixa muito bem no estilo do festival.

  140. Cobra Starship é uma banda que cumpriria super bem o papel de abertura do Festival. A galera ia ficar super animada e pronta pras próximas atrações!

  141. The Kills seria uma boa opção! eles poderiam fechar com “Cheap and Cheerful”, cantando bem alto a parte que fala ”i want you to be crazyy”!

  142. Sabonetes, para ter um gostinho indie brasileiro mostrando que aqui também sabemos fazer uma boa música!

  143. Eu escolheria a banda acreana Los Porongas, para honrar as origens amazonicas do Brasil e também para lembrar que o bom rock não se concentra somente na região sudeste, mas também vem dos lugares mais inusitados. E como segunda escolha, escolheria a banda Holger, que tocou no festival ano passado e vêm mostrando um grande desempenho pela turnê que andam fazendo na gringa. Ajude um pobre rondoniense perdido em são paulo a ir ao grande festival ..

  144. Escolheria Criolo e Emicida juntos, para mostrar uma nova e bem aceita vertente da música independente brasileira.

  145. O The Racounteurs deixaria o pessoal maluco se abrisse o festival. Seria muito bom ver o Jack White em performance…além de ser uma banda de qualidade e contagiante!

  146. Escolheria o JET para abrir o show tocando ‘Are you gona be my girl’ e finalizando com chave de ouro com ‘Cold Hard Bitch’ para deixar a galera pilhada para os próximos shows!

  147. Wagner Moura com a banda Sua Mãe, porque seria genial ter o Capitão Nascimento, o Super Herói do Brasil, abrindo o festival.

  148. Kaiser Chiefs, que é a banda mais “tira o pé do chão/ estilo indie” que já passou pelo Planeta Terra!

  149. eu colocaria pra abrir o festival SABONETES, com toda certeza, eles nos fariam dançar até nos descontrolarmos.

  150. Vanguart se apresentando como VangBeats. Uma banda de qualidade máxima, incrível na empolgação e com repertório dos Beatles?! Melhor impossível.

  151. Los Porongas, pois já os vi tocar algumas vezes e sempre saio com uma sensação incrível de que naquele momento acabei de vivenciar um turbilhão de emoções e me sinto feliz. Sem dúvida, uma banda que merece ser vista por muita gente, pois tem bacagem e talento para isso, como o festival ao contrário dos outros nas terras tupiniquins valoriza o estilo rock indie, nada mais justo trazer uma banda simples, contemporânea e genial para ser admirada, por um público maior que com certeza não sairá decepcionado, mas com um gostinho de quero mais.

  152. Eu abriria o show com “The Kooks”!!!
    E aposto que essa é uma das bandas que melhor abriria o festival!!!

  153. Eu escolheria CITY AND COLOUR, não só pelo fato de ter tudo a ver com o festival (em cem por cento, né, nem tem como discordar, cês sabem), é uma ‘one-man-band’ que lançou cd esse ano e mais do que isso, é carregada de energia boa, tem um sentimento legal que vem com ela, e a galera gosta. É tipo unir o útil ao agradável, casaria bastante com a situação; não consigo pensar em outra banda a não ser essa.
    Seria uma boa oportunidade de aprensentar boa música aos que não conhecem, sem sair do contexto do Planeta Terra 😉

  154. A organização do festival poderia negociar e roubar o The Kills para o line-up 2011. Um acontecimento justo, visto que da forma ilegal que o show da banda numa casa noturna em São Paulo está sendo organizado (totalmente contrário aos direitos dos consumidores ao não disponibilizarem meias entradas e a falta de esclarecimentos sobre os pontos de venda de ingressos). The Kills é uma banda realmente incrível e foda e merecia estar presente no mais incrível e foda festival desse país.

  155. No palco pricipal “Cibelle convida”, a cantora convidaria artistas da tropicália para cantar o disco “Tropicália” na íntegra junto com ela… Caetano, Gal, Rita, etc.

    No Palco indie colocaria o Mixhell, começando com uma discotecagem avassaladora.

  156. PLANET HEMP, no maior estilo “Adivinha, doutor, quem tá de volta na praça”. Eu sei que a banda já acabou, mas aí é que está o ponto forte: o gostinho do desafio! Se a Mtv conseguiu, por que o PLANETA TERRA não conseguiria?

  157. Pelos poderes curatoriais em mim investidos, escolheria a banda Restart. Imagina a cara dos indies vestidos a caráter quando a banda colorida sair das sombras do backstage e soltar os primeiros acordes de happy rock? Escangalhar-me-ia de rir!

  158. A melhor banda para abrir o Planeta Terra 2011 é o Tusq, pois é uma mistura de um pouco de tudo que vai tocar no festival, seria uma ótima oportunidade para os fãs da bandas maiores se encontrarem nela e para a banda ganhar mais fãs.

  159. Nevilton ou Wilco. Nevilton faz o melhor show do Brasil, agitado e enlouquecedor! Wilco precisa dar o ar da graça por aqui o mais rápido possível!

  160. Eu abriria com Artic Monkeys, é que a banda que traduz o festival Planeta Terra em sua essência. Com suas músicas indie rock , levariam todos a loucura logo nos primeiros cinco minutos de show. Seria a melhor abertura de todos as edições.

  161. Tom Zé e Mutantes. Não vi o show dessa combinação ÉPICA no Rock in Rio mas tenho certeza que delirou e quebrou a porra toda.

  162. Nação Zumbi. Não vejo maneira melhor de deixar a galera no clima do que “Quando a Maré Encher”.

  163. Eu não sei quantas podem, se se podia uma vez, mas vou postando, ok? Perdão.

    Florence And The Machine. Porque single após single essa mulher não cansa de ser foda.

  164. Vespas Mandarinas, por que o som dos caras é foda e merecem uma plateia grande como a do Planeta Terra.

  165. Meu último, que eu me cansei.

    O Rappa. Porque, NÉ, é O Rappa. E eles tão voltando a fazer show, agora, ah, me deixa.

  166. O Pe. Fabio de Melo e o Marcelo Rossi fariam uma dobradinha ótima pra abertura abençoando todo mundo, pq olha, o Planeta Terra ta precisando viu hahaha

  167. Two Door Cinema Club porque seria a banda ideal para dar um esquenta na galera logo no primeiro show.

  168. Pediria o Babyshambles porque daria para ver dois heróis numa noite: Pete Doherty e Julian Casablancas.

  169. Tokyo Police Club porque eles acabaram de fazer um show em São Paulo que deve ter sido foda ! Mas era fechado e essa banda merece ser ouvida no Planeta Terra.

  170. Colocaria o little joy!!! Sonho de todos os fãs de Los Hermanos e Strokes!!! Dobradinha de Fabrizio Moretti.

  171. Silver Jews!
    Pois é uma ótima banda, som tranquilo pra iniciar o festival e ir animando o público. Nunca tocou no Brasil e tem muitos fãs, por isso atrairia uma galera boa desde cedo para o evento, que poderiam curtir sem o tumulto de quando o playcenter já estiver cheio de fãs das outras bandas.

  172. No palco IndieStage poderia abria a banda “Apanhador só” que tem um som bem parecido com as bandas que vão tocar e ao mesmo tempo, um som próprio. E no Mainstage a banda cansei de ser sexy que tem um som mais pop, e uma vibe mais eletronica.

  173. Strokes tradicionalmente pelo som, pela estrutura do show e pela pedida do público. Qualquer festival que começa com a tradicional guitarra de Albert Hammond Jr pode acabar com o playback da Xuxa que ainda sim será o melhor festival da cidade!

  174. The Killers! A banda que fez todos no Jockey pularem e dançarem no meio de um temporal sem ligar pra lama que subia e sujava a roupa e o rosto de todos.

  175. Outra banda linda seria Editors. Os caras mandariam um som que animaria a galera pros shows do Interpol e White lies!

  176. Uma banda pouco conhecida, mas que faria o festival ficar melhor ainda seria Harvard, ou Circa Survive. Que nunca vieram ao Brasil, seria fantástico.

  177. Com certeza, The Black Keys. A banda com um dos melhores cds de 2010. Black Keys iria levantar o público do festival e deixar a galera pronta pra assistir Strokes.

  178. Quem deveria abrir é Dresden Dolls! A dupla nunca tocou aqui no Brasil e, com exceção de Goldfrapp, não temos duplas no Planeta Terra. E a mistura de piano com bateria é genial.DRESDEN DOLLS COM CERTEZA!

  179. A banda para abrir esse festival PLANETA TERRA 2011 seria a VIVENDO DO ÓCIO MELHOR BANDA DE INDE NACIONAL td a ver com THE STROKES,BEADY EYE E INTERPOL.

  180. Os Los Hermanos, que com certeza já estarão por lá curtindo o show, não custa naaada se juntarem mais uma vez, dar uma subidinha ao palco e matar a nossa saudade, né???
    SERIA PERFEITOOOO!!!

  181. Cut Copy! Vão fazer show em sampa dia 24, já poderiam ficar e engatar o Planeta Terra. Fazendo a galera dançar e pirar no som alternativo eletrônico.

  182. Criolo: ele vai dizer que não existe amor em SP, mas durante esse festival a galera vai provar que existe amor sim, tanto em SP, quanto no Planeta Terra!

  183. Arctic Monkeys, claro! A banda tá numa fase ótima, depois de lançar um disco sensacional. Estão destruindo ao vivo pelos festivais mundo afora e tê-los no Planeta Terra só confirmaria este como um dos melhores festivais do mundo.

  184. A banda paranaense revelação Radiophonics ! O festival já conta com muitos nomes consagrados, mas deve dar espaço pra galera independente também! Abraço pra galera do Move, como sempre de parabéns.

  185. Se com sal e limão se faz uma boa dose de tequila, com guitarras distorcidas, um baixo de presença e bateria explosiva, os caras do Vivendo do Ócio com certeza devem abrir o Planeta Terra Festival. Orgulho do rock nacional!

  186. A banda de abertura tinha que ser o Flaming Lips. Depois da catarse coletiva que é o show deles, o festival acabaria com uma roda gigante pegando fogo, no melhor estilo Burning man.

  187. Little joy. Eles seriam uma ótima conexão entre brasil e exterior, já que são uma banda multinacional – além do mais o Fabrizio Moretti já vai estar presente nos shows (com os strokes)!

  188. Wannabe Jalva sem dúvida. Banda brasileira com qualidade única. Além de certamente agitar o público vai representar o nome do Brasil, porque o caras são incríveis.

  189. Somme Community. Banda com com musicistas bons, ótima presenca de palco, abriram para Ariel Pink e Pains aqui em São Paulo. Não precisa dizer mais nada depois disso né? Com certeza uma banda que não iria fazer feio e ainda se consagraria com elogios de ter feito um ótimo show. Coloco minha mão no fogo por eles.

  190. Eu abriria o festival com a banda Le Butcherettes. Pois é uma banda pouco conhecida no Brasil, porém bem respeitada no México. Faria com que o Festival já começasse no gás!

  191. Eu abriria o Festival com a banda brasileira Ludov. Porque a banda tem um sonzinho calmo e receptivo, pras pessoas irem chegando e se sentindo em casa.

  192. Já que é pra abrir, tem que representar: abre com Vanguart e Little Joy, pra mostrar que brasileiro também sabe fazer música.

  193. Guillemots, afinal eles são um brasileiro, um inglês, um escocês e uma canadense. Pra ficar mais PLANETA TERRA que isso, só colocando a Björk no meio.

  194. Eu abriria com o Gayngs, que na minha opinião é a melhor banda da atualidade. Imagina que lindo aquela banda enorme no palco, embalando o começo das apresentações com o mais puro soft-rock. Finíssimo!

  195. Ia dizer ‘apanhador só’ por ser uma banda que tem ganhado atenção nos últimos tempos e por mandarem muito nos shows e na parte instrumental.
    MAS muita gente já citou, por isso se fosse possível acharia ótima a participação de uma banda londrina quase desconhecida chamada HELLA BETTER DANCER, eles são novos, mas mandam MUITO.

  196. Radiohead. Pra todo mundo chorar como se não houvesse amanhã. Literalmente – porque não ia haver, mesmo. Morreriam todos afogados com suas próprias lágrimas.

  197. HADOUKEN!
    além do nome da banda ser sensacional, eles abrindo o festival com a música Get Smashed Gate Crash no qual a primeira frase é “LET’S GET THIS PARTY STARTED” combinaria demais!

    shadai2129@yahoo.com.br

  198. Pra começar bem tem que ser uma banda que embale o pessoal com alegria, presença de palco e música boa, minha indicação são os brazucas do HOLGER que apesar de não cantarem na nossa lingua estão representando muito bem nosso país lá fora, com um resportório empolgante e extremamente feliz creio que eles seriam a melhor opção para a abertura de um festival alegre como o Planeta Terra.

  199. The Naked and Famous.
    São incríveis, animados, não tem uma música ruim. Seria uma abertura de alto nível.

  200. Eu escolheria Graveola e o Lixo Polifônico, para já começar com música brasileira da melhor qualidade!

  201. The Raconteurs
    Porque as músicas deles são na medida, além de condizerem com o estilo do festival.
    E o Jack White é o main vocal!

  202. Eu chamaria o Them Crooked Vultures.

    Uma banda que reune um integrante do Foo Fighters, um do Queens Of The Stone Age e um do Led Zeppelin não tem como desagradar ninguém!

  203. Eu reuniria o Diesel.

    Eles tocaram por 15 min no Rock In Rio e ainda são lembrados. Imagine o estrago que fariam na abertura do Planeta Terra?

  204. Acredito que a banda de abertura precisa ser animada, mas que, no entanto, se encaixe ao clima de chegada e acomodação do pessoal. Por isso, a banda ideal seria “The xx” que tem porte para abrir um festival com estilo e contagiar todo mundo. Seria um bom fim de tarde seguido por um noite memorável.

  205. Eu levaria a Banda TRI e o Cantor Ivo Mozart, porque são dois estilos de música diferentes com toques próprios com um toque das notas do ukulelê o som deles é muito original e nacional valorizando os artistas nacionais que estão crescendo no nosso país!!!

  206. THE ACORN é a melhor escolha pra abrir os shows. OUÇAM A VOZ DA SABEDORIA MEUS AMIGOS. não tem coisa melhor nessa metade de mundo do que começar ouvindo THE ACORN. Abrir o show com essa banda é abrir seu coração, seu corpo e toda sua disposição pra todas as outras bandas maravilhosas que estão por vir. E TENHO DITO. amém huashausha

  207. Death Cab For a Cutie

    Porque é a cara do festival, a cara do move that jukebox e a cara do bom gosto! hahaha

  208. Eu abriria o show com a banda Fun, que poucos conhecem, mas que merece bastante atenção por parte dos produtores brasileiros. Abriria ainda com a musica “All the Pretty Girls” recomendo todos checarem o som tão bom dessa banda! PS: eles abriram alguns show do Paramore nos EUA!

  209. The Kooks… Energia, alto astral, irreverencia, presença de palco. O show do strokes fez minha namorada pirar, the kooks faria ela chorar e no fim do festival gritar e pular. Combina Strokes + The Kooks.

  210. Eu abriria os shows com Foster the People. Imagina eles cantando Helena Beat e Pumped up Kids no Planeta Terra?
    Eles tem a cara do festival, eles tem cara DE FESTIVAL. Seria só o que falta pra completar esse line up.

  211. Company Of Thieves! A doçura e a potência de voz da Genevieve seriam perfeitas para o festival e também seria um ótimo meio das pessoas conhecerem essa incrível banda de Chicago!

  212. Pra mim, o ideal pra abrir o festival seriam Os Cartolas, uma banda de indie rock de Porto Alegre – que vai abrir o show do Clapton, por sinal-.

  213. La Roux porque a Elly Jackson é a diva de todos os estilos e agradaria fácil fácil a Gregos e Troianos!

  214. Eu colocaria Dinosaur Jr pra abrir, só pelo prazer de fazer o festival ficar mais incrível do que já está. Ia ser surreal assistir Dinosaur Jr junto com todas as outras bandas do line-up.

  215. Imagine o Sol se despedir no horizonte do Playcenter ao som de Marcelo Jeneci – simples assim: é São Paulo, é Brasil, é Planeta Terra!

  216. Mosters of Folk, porque além de ser um super grupo com integrantes de bandas que todo mundo ama, é um projeto lindo, com letras incríveis e melodias bem diversificadas, umas mais animadas pra dançar, outras pra cantar junto, não vejo outra banda que encaixaria melhor 🙂

  217. The Killers cantando: “Indie rock’n’roll is what I want
    It’s in my soul, it’s what I need
    Indie rock’n’roll, it’s time”. ;]

  218. Eu escolheria pra abrir esse festival o Gogol Bordello. A banda tem uma energia imensa e as músicas não deixam ninguém parado. Além disso, a banda seria uma ótima opção pra equilibrar um line up não tão animado assim.

  219. Modo Sonhador: ON

    Eu escolheria os Beatles da fase Reis do iê-iê-iê abrindo para os Beatles da fase pós-Revolver.

  220. O panic! at the disco deveria abrir o show, assim, começava bem forte pra agitar a galera desde o começo! Deixar com aquele gostinho de quero mais durante todo o show e depois que acabar, todos ficariam pensando “queria que esse dia começasse de novo”.
    Os caras são demais e o CD novo deles é muito bom, tem aquela pegada dos antigos, acho que seria uma boa pra esquentar todo mundo, porque poder ver Beady Eye, Strokes e PATD num mesmo dia seria D-E-M-A-I-S! Algo marcante pra que esta edição do festival se tornasse a melhor de todas as outras!

  221. Stereophonics também seria muito bom, porque essa banda do país de gales tem um vocal muito forte, que sabe agitar a galera de um show! Fora que as músicas deles, algumas são agitadas, outras nem tanto, combinando com a Beady Eye, uma banda que chamou a atenção dos fãs da antiga Oasis, assim como eu, pra rever os integrantes dessa banda que infelizmente acabou…

  222. Eu convidaria O Two Door Cinema Club, a banda é recente, tem uma sonoridade incrível e é superdivertida, levantaria a galera desde o primeiro momento do festival.

  223. Escolheria Foster the People por ser uma banda que lançou seu primeiro cd esse ano, que ainda está crescendo e tem um som muito bom. Como um show de abertura precisa aquecer e animar ainda mais o público eles têm o ritmo perfeito pra isso e que se encaixa muito bem no festival.

  224. Foo Fighters iria fazer aquele povo agitar DEMAIS com a musica Bridge Burning , e isso é só a entrada pois com Strokes o povo vai delirar =D

  225. A banda que deveria abrir o festival é a quase totalmente desconhecida The Zutons, eles tocariam a música deles Valerie que ficou imortalizada na voz da Amy Winehouse, seria uma linda homenagem à cantora, não acham?

  226. Cata o Amarante onde quer que ele esteja e põe o Little Joy pra fazer uma bagunça gostosa na abertura do festival.

  227. FOO FIGHTERS! Por ser a banda foda, e que literalmente faltou dar as caras por aqui esse ano. Seria bombástico se eles abrissem o Festival.

  228. Banda Uó, porque é super divertido, iria melhorar ainda mais o humor de todo mundo lá e mesmo quem não quisesse ficar na pista, são músicas que combinam com a tarde no parque e a empolgação pros shows perfeitos que vão ter mais tarde. Além da versão de Last Nite deles, “Rosa” que iria levar todo mundo ao delírio de animação e expectativa pros Strokes.

  229. Wander Wildner,abrindo com “Lugar do Caralho!”,esquentando geral e chegando à conclusão com todos os presentes ques eles estarão,de fato, num lugar do caralho!

  230. Seria Bombay Bicycle Club. Por quê? Oras, porque saiu no sorteio aleatório que acabei de fazer. Como todas as bandas são demais, fica impossível não escolher. Só por sorteio mesmo!

  231. Coloca o Julian Casablancas pra tocar na abertura ora! Ele já vai estar lá com o Strokes mesmo.

  232. Ou ainda, põe o Little Joy – com Fabrizio Moretti – super conecction entre as bandas multinacionais.

  233. Hmmm, Marina ande the diamonds! bem diferente mas super cool.
    se não coloca o Copacabana Club! – “just do it do it do it cause you want it/ not because you saw it” !

  234. acho que uma banda que não está no lineup é algo muito interessante em um festival tão conceituado como este e que já possui tantas bandas ótimas.

    Indico a banda O PULSO, rock alternativo original e contemporâneo!
    http://www.facebook.com/opulso

  235. Alphabeat, porque eles têm a manha de deixar todo mundo empolgado já na primeira música, ou seja, o festival já iria começar fervendo.

    (e eu queria dizer Foster The People, mas como já foi né..)

  236. Quem tem que abrir é Rolling Stones porque sem eles, todas as bandas do festival não iriam nem existir

  237. O show devia começar com uma mesa branca para reunir os falecidos Beatles com os ainda vivos. O show seria histórico.

  238. A abertura com certeza deveria ser do Two Door Cinema Club, nada mais indie e animado que isso! Além de que eles podem dizer o que nós sabemos e queremos.

    (And I can tell just what you want
    You don’t want to be alone
    You don’t want to be alone
    And I can’t say it’s what you know
    But you’ve known it the whole time… ♫)

  239. Weezer pra abrir esse festival! Além de indies consagrados, seria uma “Perfect Situation”!

  240. O festival já está perfeito, então tinha que começar com Placebo “cause there’s nothing else to do…”!

  241. Porque além de ser uma das bandas mais deliciosas de ser ouvida com os amigos, de quebra, a gente ainda podia ter a chance (sorte) de ver a Zooey Deschanel acompanhando o maridão!

  242. Para este tipo de festival super cool eu com certeza indicaria os Arctic Monkeys. Eles tem uma base fiel de fãs que com certeza faria o festival ser sold out em poucos minutos.Porém são o tipo de fãs que passam longe da histeria, ou seja são cool como o festival.

  243. Death Cab For Cutie.

    Porque além de ser uma banda deliciosa pra se ouvir com os amigos, de quebra, a gente podia ter a oportunidade (lê-se: SORTE) de ver a Zooey Deschanel acompanhando o maridão!

  244. TV On The Radio.
    Ver um show dos caras, só pra lembrar que o TV On The Radio continua, já que “…life not worth dying for!”

  245. A abertura tinha que ser por conta da Muse. Imagina que louco todo mundo cantando o “uuuhhh uhh yeah yeah” de Time is running out juntos?

  246. A abertura deveria ser do The Dresden Dolls, pois se trata de uma ótima banda de punk cabaret e apesar de não ser muito conhecida no Brasil, tenho certeza que iria deixar todos de boca aberta com toda sua energia e atitude. Acho que o festival precisa de bandas como esta, simples, mas que ao mesmo tempo revolucionam o mundo musical.Assim como já aconteceu com o Strokes há anos atrás. Hoje, eles cresceram e são uma das bandas mais reconhecidas da atualidade. Acredito que o The Dresden Dolls tenha a mesma capacidade de encantar o público com toda a sua genialidade.

  247. O Forgotten Boys ia ser sensacionaaaaal pra abrir o Planeta Terra. O rock é bom e eles iam representar super bem o Brasil 😉

  248. American Bang, com certeza, uma das bandas mais subestimadas desses ultimos tempos, é muito boa mesmo, vale a pena ouvir

  249. Peter, Bjorn and John com certeza pra abrir o Planeta Terra! O trio ia fazer um show de abertura tão sensacional que tanto os YOUNG FOLKS quanto os old folks iriam bater a cabeça UP AGAINST THE WALL de tanta empolgação.

  250. Vanguart, o CD novo tá sensacional. As músicas são muito boas, é um folk bem legal. A banda é digna de um show inteiro, mas acho que abria o festival super bem também.

  251. GORILLAZ! Quando todos estivessem esperando alguém entrar,começaria Clint Eastwood e todos achariam que seria aquecimento, quando eles entram no palco (nos telões), surpreendendo todos!

  252. Morrissey seria o show de abertura mais épico da história do nosso país e no meio do show ainda subisse ao palco o Johnny Marr para juntos tocarem os clássicos dos Smiths!

  253. Black Keys. A chave de uma abertura alucinante é trazer uma banda que incendeia os acordes da guitarra e os pratos da bateria já nas primeiras músicas. Dois é pouco? Não para o Black Keys. Eles são Sinister, Kid.

  254. Colocaria Bon Iver pra abrir o show, por ter uma base de som muito boa (muito boa mesmo) e ser um pouco calma, assim atrairia o público aos poucos e seria uma abertura mesmo.. nada muito afobado. Só pra deixar todo mundo mais ancioso! Logo depois, Moveis Coloniais de Acajú subiria ao palco para um show mais animado e deixar todo mundo no clima prontinho pra curtir as loucuras de todo o festival.

  255. Fechar com chave de ouro?? Não, eu ABRIRIA o Planeta Terra 2011 com chave de ouro repetindo a dose do show mais animado do ano passado com o Mika!

  256. The Gossip. Beth Ditto e companhia formam a banda de peso – sem trocadilhos – ideal pra tirar todo mundo do chão logo na primeira apresentação do Festival Planeta Terra 2011 e deixar todos contagiados pra horas e horas e horas de música, diversão e muitas outras experiencias!!

  257. São tantas bandas ótimas!! Fica injusto escolher uma para abrir. Então, seria muito engraçado para a se convocassem músicos da plateia para tocarem covers das bandas que depois se apresentariam.
    Já adiando que eu quero tocar!

  258. Eu escalaria Edward Sharpe and the Magnetic Zeros. O cara e sua banda transmitem uma energia animal e junto com o pôr do sol não teria nada melhor para começar o festival na vibe certa.

  259. Massacration com certeza com participação especial do Falcão! Seria impagável poder ver a carinha do Liam ouvindo o inglês fuleiro do Falcão, seus trajes…

  260. O festival tá quase completo..falta só Editors pra fechar e a galera curtir a triade dos filhos do Joy Division.

  261. Eu chamaria o Arctic Monkeys pra puxar a cadeira de todo mundo que tentar sentar e não pular pra caralho no festival!

  262. Beady Eye abrindo para o Noel Gallagher’s High Flying Birds, só pra ver o circo pegar fogo

  263. Para abrir o festival nada melhor que The Strokes nos mostrando as primeiras impressões do Terra.

  264. THE XX!
    Nao preciso enfeitar demais os meus argumentos.
    Quem conhece sabe o quanto que eles combinam com o festival e o quanto sao bons! COME TO BRAZIL THE XX!
    WE LUV YOU!

  265. Depois que o Interpol confirmou presença no festival após terem se esgotados TODOS os ingressos sem que eu houvesse comprado o meu, não consigo imaginar algo que me deixaria ainda mais desesperada e revoltadamente inquieta do que a escolha do Foo Fighters para abrir os shows, revolucionando todo o conceito de organização de line-ups e fazendo com que não tenhamos que esperar nem mais um show pela vinda da banda ao Brasil.

  266. cake, porque apesar de não ser a mais condizente com o festival, lançou um ótimo ALBUM. a meu ver, o melhor até então!

  267. The Killers, com certeza. Tem banda mais indie que essa e que combine mais com o festival?

  268. Foster The People, primeiro porque eles combinam com o solão de novembro e aí todo mundo ia estender sua canga, tomar uma cerva e escutar o hit Pumped Up Kicks na maior vibe animada. Além disso, eles são os queridinhos do ano e acabaram de arrebentar tudo no Lolla!

  269. Gostaria que a banda MONNO abrisse. É uma banda deliciosa de se ouvir, tem letras fantásticas e a melodia é apaixonante. Definitivamente MONNO!
    Ana Rachel Monteiro

  270. eu chamaria kasabian. quem disse que pra abrir um festival precisa ser uma banda pequena? e eles tem tudo a ver com as atrações, além de terem recentemente lançado um álbum incrível, cheio de singles super dançantes. aliás, eles já abriram antes pra falecida banda do liam gallagher e faz um tempão que não dão as caras por aqui. já diz a música: “hit me! harder! i’m getting rewired!”. quer melhor definição pra começar BEM um festival?

  271. Imagina a banda Los Campesinos! abrindo os shows em uma tarde de sol, aquele calorzinho bom de novembro, óculos escuros e tocando You! Me! Dancing! como a primeira música. Além da banda ser um espetáculo a parte, seria o ponta pé inicial para muita música boa, diversão e dançar até o pé não aguentar mais!

  272. Cachorro Grande. Os caras têm uma energia no palco que põe muito Dogue Alemão pra correr!

  273. Com certeza seria o Atoms for Peace! Não há banda de abertura melhor do que uma com Thom Yorke, Flea, Nigel Godrich, Joey Waronker e ainda o brasileiro Mauro Refosco. O show deles seria um exemplo do que ainda haveria de vir nas próximas horas do festival! E como o Thom Yorke e o Michael Stipe são amigos, não me surpreenderia se o Stipe aparecesse lá pra participar de alguma música, como já ocorreu em shows passados do Radiohead…

  274. Eu escolheria, sem dúvida nenhuma, LITTLE JOY.
    Porque o som é bem solar, tal qual o clima do festival que ocorre em novembro, e pode aquecer a plateia para as próximas atrações.
    Além disso, teríamos uma dobradinha incrível do Fabrizio Moretti!

  275. Bem que poderiam colocar Strokes logo no começo tocando Last Nite, aí os posers iriam embora mais cedo e diminuiria a fila da cerveja pelo resto do dia.

  276. Para aproveitar a presença do Pearl Jam no país, eu chamaria Eddie Vedder para abrir o festival. Podia aproveitar e fechar o, com chave de ouro, ao som de Do The Evolution.
    Um bom começo de noite!

  277. Em 2010, o grande bafafá do evento foi a presença surpresa do Daft Punk no show do Phoenix. Imagina se tivesse acontecido mesmo?!
    Dessa vez, faria o contrário: eles abririam o show e o Phoenix poderia dar uma palhinha. Justo , né?

  278. Que tal abrir com a CatPeople?Uma banda indie espanhola que bota pra quebrar!!Assim abriria o festival agitando e fazendo a galera sair do chão.

  279. Com certeza o Primal Scream! aquele instrumental maluco do Screamadelica pra ficar “loaded” desde o início!

  280. Toda a alternatividade e new wave do Metric pra abrir os shows. E aí os dois membros da banda que fazem parte do Broken Social Scene já se aquecem pra depois.

  281. Colocaria o Temper Trap para começar já na agitação e trabalhar os agudos pra cantar nos outros shows.

  282. Para abrir os shows eu colocaria a banda “Sabonetes” de Curitiba. Nada melhor que começar com uma representação nacional. Além disso a banda é formada por pessoas que se permitem não ter preconceitos.

    Viva o rock viva a vida!

  283. O Letuce levaria sons de amores interestelares: um presente para o público presente

  284. Soulstripper
    Se é pra abrir festival tem que ser uma banda nacional. E nada melhor que o Rockabilly e as letras românticas e muito engraçadas da banda pra ouvir a tardezinha antes de mergulhar de vez no Terra.

  285. Colocaria o Strokes abrindo o festival com You Only Live Once, depois eles voltariam pra fechar o festival!

  286. Com o corpo de bandas do festival bem farto pra galera voltar nas proximas edições, para otima refeição dessa deve ter uma brilhante abertura algo que abra o apetite da galera!Mas que banda pode ser propocionar isso?exite realmente hoje em dia muita banda de potencial inedito incrivel que abala o publico de todos os gosto! The Raconteurs sim pra min é banda certa pra abrir, por que pouca conhecida,grande musicalidade e feeling pela musica, uma banda que faz um ao vivo do caralho!!!

  287. O Teatro Mágico! É uma banda nacional maravilhosa e que já está na hora de aparecer num grande Festival como o Planeta Terra!

  288. Foster the People! \o/
    Esse som incrível, cheio de novidades, energia, contagiante e ainda não tão divulgado, seria perfeito ao entardecer no Playcenter!
    Sem contar que ia deixar todos os leitores desse blog e galera que comentou acima, muito, muito felizes! =)

  289. Chamem a Cristiane Torloni para abrir o festival! Seria o máximo ela como mestre de cerimônias discursando ser a primeira vez (ou não) dela no Festival Planeta Terra e encerrando o discurso com a frase do ano: “Hoje é dia de Rock, bebê!”

  290. Wild Flag botando pra fuder com essa lindeza de pós punk psicodélico com guitarras pop e alguns clichês soando do jeito mais sincero do mundo

  291. Black Drawing Chalks, porque eles misturam o que há de bom no Planeta Terra: rock inglês e brasileiro, principalmente. Dariam para a platéia um gostinho de como será todo o evento, deixando o pessoal bem animado, por serem loucos. Portanto, seria uma apresentação perfeita por mostrar como será o evento, e deixar todos mais animados do que já estarão. 🙂

  292. Convidaria a banda Jhony Mufas porque sabem como ninguém animar a galera do parque com seu estilo único e estão mais que habituados àquele palco!

  293. Convidaria Florence + The Machine porque suas músicas têm um estilo singular assim como o Festival Planeta Terra!

  294. Convidaria Jessie J porque “We need to take it back in time When music made us all unite” – Price Tag

  295. Vamos lá.
    Em 2009, quem abriu o festival foi o Macaco Bong.
    Em 2010, quem abriu foi o Mombojó.
    Em 2008, ela não abriu o festival, mas abriu o Main Stage: Mallu Magalhães.
    Se ligou no padrão? Pois sim, todo mundo começando com M e remetendo a macaco. Sim, porque além do Macaco Bong, que dispensa explicações, temos Mombojó, que lembra chimpanzé > macaco. E Mallu Magalhães lembra Marcelo Camelo, que lembra um macaco. E os dois nomes da guria começam com M, o que nos dá um de crédito, lembremos.
    Em 2007 quem abriu o Main Stage foi o Supercordas. Tá, não começa com M, mas remete a mato, que começa com M e é onde o macaco vive.
    Então, continuando a lógica, e lembrando que a gente tem um M de crédito, que tal Arctic Monkeys pra abrir os trabalhos COM FORÇA?!
    Melhor, Arctic Monkeys feat. Monga, a mulher macaco!

  296. Se é pra abrir bem esse festival, por quê não um OPEN BAR, logo na entrada, ao som da musa Aretuza? A galera ficaria loucona desde cedo, e quando começarem os bons show, só os verdadeiros guerreiros estarão sóbrios e em pé!

  297. Eu colocaria O Teatro Mágico apresentando uma daquelas performances com tochas, só que besuntados com gasolina. Seria o show mais empolgante da história do Planeta Terra – do planeta mesmo, não só do festival.

  298. Eu escolheria a banda: “Comeback Kid”… pois era assim q minha mãe falava quando eu usava o O.B. dela pra limpar meu nariz! hehe

  299. Podiam dar um jeito de boicotarem a turnê do Vaccines com o A. Monkeys (sequestro talvez, oi?) e chamar o The Vaccines pra que pra que? Injeção de ânimo em geral na abertura do Festival Planeta Terra (:

  300. The Kooks! Porque eles sempre estão aonde eles precisam estar. (Always Where I Need To Be)

  301. White Lies seria perfeito pra abrir o festival! White Lies ou se não, lose your life!

  302. Já imaginaram uma abertura com “Man Of Simple Pleasures” do Kasabian? Seria a melhor banda pra abrir esse festival, além de vários hits que todo mundo conhece, ainda contagiaria todos com as músicas incríveis do novo cd!

  303. Kasabian pra abrir esse festival botando todo mundo pra dançar com Velociraptor!

  304. Se é pra fazer uma grande abertura desse festival, com certeza deveria começar com The Subways, afinal eles são o sol, eles são únicos. Há algo mais indie e animado do que isso? Rock & Roll Queen daria a motivação necessária para a noite toda!

  305. Para esse festival tão Rock & Roll e Indie, a banda The Subways deveria fazer a abertura! A primeira música seria o novo hit “Popdeath”, além de muito animada, se encaixaria perfeitamente para ser o hino do festival!

    And we can wait up all night, but nothings gonna change.
    Its just another pop death ♫

  306. Seguindo a tradição do Festival, a banda perfeita para abrir esse line-up é The Asteroids Galaxy Tour!
    \o/

    Além de ter um nome que combina bem com o Planeta Terra, a música da banda ditaria uma ótima vibe pro festival que vai arrasar!

    Daria tudo para escutar The Golden Age, Obstacle 1 do Interpol e You only live once do Strokes!

  307. Começar com Wild Beasts ia ser genial. Além de combinar muito com o clima que vai vir depois com Interpol, White Lies e cia, já passou da hora de alguém trazê-los pro Brasil. Imagina entrar no Playcenter com Albatross tocando? É ter certeza de que o negócio esse ano vai ser sério! E tenso também, só que de um jeito bom, haha…

  308. A Tulipa Ruiz estava lá no meio dos Novos Paulistas ano passado, e colocar ela sozinha pra abrir o festival mostraria que ela segura essa responsabilidade fácil. E não tem nada melhor do que ouvir Efêmera ao vivo numa tarde ensolarada.

  309. Eu escolheria a banda Holger. Pra começar, seria ótimo ter uma banda brasileira como anfitriã de um festival desse porte aqui no Brasil. Além disso, o álbum mais recente deles, “Sunga”, é genial, não tem como ficar parado um segundo! Então, acredito que a galera ia começar a maratona de shows totalmente agitada, elétrica e preparadíssima pras próximas bandas!

  310. Friendly Fires, cantando, “Live those days tonight”, botando a galera naquela vibe de festival como no clipe, seria massa!!!

  311. Se eu fosse um dos curadores do Planeta Terra, eu teria de colocar The Naked and Famous para abrir os shows. Imaginem só “Young Blood” ecoando pelos quatro cantos do Playcenter, depois todo mundo pulando freneticamente com “A Wolf In Geek’s Clothing”! É uma banda nova, m-u-i-t-o boa, que agradria o público e que expressa a essência do festival. (:

  312. Seguindo a tradição de também trazer bandas novas e que ainda não estouraram no Brasil, seria perfeito o festival começar com The Asteroids Galaxy Tour!

    Um ótimo clima de começo de show, animado e com uma ótima vibe para aguardar todas as outras bandas desse line-up incrível!

  313. Sabonetes. Melhor forma de abrir o festival, com banda brasileira e boa!

  314. Belle and Sebastian, porque é uma banda que tem tudo a ver com o festival e faria todo sentido cantar “I’m not living in the real world” pois esse dia será um sonho!

  315. Como é um festival, NÃO um aglomerado de shows (#rir), eu ficaria com The Drums ou Two Door Cinema Club para a abertura do festival, seria lindo!

  316. Na moral mesmo, já que Criolo foi escalado eu faria uma grande festa de abertura. Chamaria logo vários manos que estão fazendo a diferença na cena do rap nacional, nomes como Emicida, Projota, Rashid, Flora Matos e Rael da Rima. Mas na verdade, deixaria por conta deles a escolha de um setlist voltado à cena black, soul do nosso país. E claro, alguns hitzinhos conhecidos da galera, hahahahaha 😀

    Ano passado não rolou os novos paulistas?! Então esse ano rola os novos gangstars, ou como vocês do MTJ queiram chamá-los! Agora me passa esse ingresso, cheers!

  317. Convidaria a banda argentina Bajofondo, eles surpreenderiam a galera com o ritmo de tango eletrônico bem elaborado.

  318. Para abrir o Planeta Terra, nada melhor que Florence + The Machine aterrizando por aqui com sua música de outro planeta!

  319. jamiroquai, apesar de ter acabado de tocar em outro festival, ele poderia vir cantar as mais pedidas (que nao cantou) como space cowboy e virtual insanity 😀

  320. garotas suecas com coreografia do jacaré pra trazer de volta aquele adolescente que ralaralava o tchan ae!

  321. Já que o objetivo é ser uma boa curadora do festival, nada melhor do que indicar a banda “The Cure”.

  322. Escolheria Bon Iver ou Noel Gallagher, PORÉM, Bon Iver não é viável para um festival de um dia só pois possuem muitos integrantes atualmente, o que geraria um atraso enorme na troca de bandas, e um custo maior. Noel se deu melhor no projeto solo dele, porém, poderia gerar uma intriga do Liam com a organização do festival e ele desistir de tocar. Então minha escolha seria o City and Colour, que está aí estourando nos festivais do mundo todo, Dallas já mostrou competência tanto só com voz e violão (e gaita de vez em quando) como com a banda de suporte, versatilidade sempre bem-vinda em festivais que se adequaria ao cachê disponível, além do mais está lançando seu álbum novo (Little Hell, MUITO bom diga-se de passagem) e estourando no mundo indie (do qual o festival faz parte).

  323. Eu abriria com Bombay Bycicle Club tocando uma música só – Always Like This, numa versão de 50 minutos, pro festival inteiro dançar até se esgotar – e a apresentação deles de verdade seria só pra mim!

  324. Eu traria o JON FRATELLI. O cara já arrebentava com o The Fratellis. Agora que acabou de lançar seu novo CD, o Psycho Jukebox, seria perfeito (e utópico) tê-lo aqui pro PT *-*

  325. Foo Fighters, por que além de estarem devendo uma visitinha aos fãs brasileiros, em um show já garantiria o sucesso do festival inteiro. Com Dave Grohl dando o start – impecável desde os primeiros acordes de All My Life – e Julian Casablancas fechando o festival – com a mítica Juicebox – São Paulo iria literalmente (será?) tremes. It’s only rock n’ roll but we all – and, above all, them – like it.

  326. Battles!
    A banda de abertura tem que ser empolgante, mostrar pra que aquele monte de gente está ali, um “esquenta” para todos os outros shows que lhes esperam, logo, não pode ser qualquer banda pra aguentar um tranco pra um festival desse porte e é aí que entra “BTTLS”!

  327. Eu ser o curador sozinho? O festival planeta terra é o maior do Brasil, não dou conta de curar todos os que vão sozinho, tem que chamar o The Cure!

  328. Eu escolheria o Black Drawing Chalks. Os caras mandam muito bem no rock, e pra abertura do Planeta ia ser muito massa, público pegando fogo o/

  329. Josh Rouse, pelas seguintes razões:
    – ele não me parece ser do tipo de artista que causa grandes problemas, como fazer exigências esdrúxulas ou absurdas aos organizadores do festival, ou não querer se apresentar em um palco menor e em um horário, digamos, ingrato (vide a passagem dele pelo SWU);
    – em suas apresentações, ele não faz uso de cenografia elaborada, pirotecnia ou iluminação primorosa. Ou seja, seu show não seria em nada prejudicado caso fosse realizado ao cair da tarde/no início da noite, pelo contrário, creio que isso acabaria por destacar ainda mais a sua música (que, acredito eu, seja o que realmente importa, não?);
    – há alguns meses assisti à peça “Trilhas Sonoras de Amor Perdidas”, da Sutil Companhia de Teatro, e em dado momento o protagonista diz a sua fórmula para fazer uma boa festa: deixar as meninas dançarem. Acho que tal dica pode também ser aplicada a um festival de música: mulheres dançando têm a capacidade de deixar os homens ainda mais abestalhados, e por consequência o clima fica mais leve, calmo e agradável. É claro que esse tipo de, digamos, vibe, é desejável durante todo o festival, mas convenhamos, isso nem sempre é possível em um evento com tantas horas de duração (afinal, com o passar do tempo, a paciência diminui, o cansaço aumenta e o teor alcoólico per capita cresce a níveis exponenciais); porém, esse clima mais tranquilo é essencial no começo de um festival, quando o público e as atrações estão se aquecendo, e não raro o Sol – em pleno horário de verão, é bom lembrar – ainda esquenta as nossas moleiras. “Love Vibration” e “It’s the Nighttime” são bons exemplos de canções que, a meu ver, agradam ao paladar feminino, e cumpririam bem o seu papel de fazer as meninas dançarem 😛 ;
    – Josh Rouse é um artista praticamente completo: bom letrista, consegue fazer uso de palavras inusitadas, como serotonina (!), em “Come Back (Light Therapy)” (em que ele esbanja bom humor também); os arranjos musicais, assim como a variedade de instrumentos que utiliza ( e sobretudo como ele os utiliza, de forma muito comedida e precisa), impressionam. Todo esse conhecimento permite a ele abordar temas semelhantes, como a tristeza e a solidão, de maneiras muito diferentes, mas com naturalidade, seja acompanhado apenas de um violão (“Michigan”) ou de piano e cordas (“Sad Eyes”);
    – sua banda é das mais competentes, e pelo menos no show que ele fez no Teatro do Sesc Vila Mariana, podia-se notar com clareza todos os instrumentos, o que denota sua preocupação com a qualidade, e também seu respeito para com o público;
    – por fim, Josh Rouse não se faz de rogado: nesse mesmo show em São Paulo, pairava sobre a platéia uma certa dúvida sobre se ele tocaria “Directions”. E, para felicidade geral da nação, foi justamente com essa canção, a mais conhecida de seu repertório, que ele encerrou sua apresentação. Ou seja, ainda que sua obra tenha um certo viés introspectivo, Josh Rouse, quando preciso e necessário for, sabe também “jogar para a galera”, entregando às pessoas o que elas pedem e querem, e esse jogo de cintura, esse despreendimento de saber quando se deve apelar para um setlist mais pop, mais palatável para um público que em sua maioria não conhece suas músicas, é mais do que bem-vindo em um festival das proporções do Planeta Terra.

  330. Tarântulas e Tarantinos. Seria um ótimo começo para o festival, com o Thunderbird fazendo covers das trilhas sonoras dos filmes do Quentin Tarantino. Para todos dançarem como o John Travolta no Pulp Fiction.

  331. Amy Winehouse 😀 direto dos céus (ou não) para o Planeta Terra!!! Ah tá legal, isso seria teóricamente impossivel, mas um tributo a ela seria legal, o festival tem um pouco a cara dela.

  332. Eu escolheria a BEYONCÉ com a participação do NOEL GALLAGHER por 3 motivos:
    1- Pra ela cantar “Party” e começar oficialmente a festa que vai ser no festival;
    2- Pra dar continuidade à recém inaugurada moda de festivais brasileiros com seus “encontros inusitados”;
    3- Pra deixar o Liam com ciúmes pelo fato de o Noel estar tocando com a gostosa da Beyoncé enquanto ele estiver tocando com tres caras feios e, assim, garantir um barraco!

  333. Minha sugestão é Two Door Cinema Club, por vários motivos, é uma banda atual que abriria a noite em grande estilo, grande agito. Tenho certeza que nenhum ficaria parado em uma música sequer, o som dos caras é de agradar a maioria, começaria o festival numa energia sem igual. Ótima banda, que tem a cara do festival, sem esquecer que devem uma visita à São Paulo!!

  334. Eu chamaria Os Mutantes. Somente eles poderiam trazer o melhor rock n’ roll e psicodelia do Universo para proteger o Planeta Terra contra ~raios de saudade~ e ~meteóros da paixão~

  335. Se é pra rolar um “esquenta”, chamaria o Sean Lennon com seu recente Friendly Fire, o único aquecimento que não faria mal pro Planeta Terra.

  336. Já que o melhor festival de música acontece no Planeta Terra, vamos ser democráticos e convidar o Júpiter Maçã representando nosso vizinho gigante.

  337. Já que o melhor festival de música do Universo acontece todo ano no Planeta Terra, vamos democratizá-lo e trazer o Júpiter Maçã representando o maior planeta do Sistema Solar, o Arctic Monkeys representando o Planeta dos Macacos e o Lucas Silva e Silva representando o Mundo da Lua. HEHE

  338. Eu convidaria o Flaming Lips, pois como bem sabemos, eles passam Christmas on Mars. Então temos de trazê-los logo pro Planeta Terra.

  339. Escolheria Two Door Cinema Club porque é uma banda alegre, atinge diversos públicos e combina com o perfil de bandas e público do Planeta Terra que é agitado, variado e gosta muito de dançar!

  340. Minha escolha seria a banda Apanhador Só. Daí a galera iria começar “apanhando sozinha” mas depois recompensada: “sozinha, junta” com Strokes! hahaha 🙂

  341. MUSE, com certeza! Uma das melhores bandas da atualidade!
    MUSE é cabeça de cartaz, não deveria abrir show pra um grupo como o U2, mas sim, estar no planeta Terra!

  342. Faria um show de calouros em homenagem ao Pedro de Lara, com Elke Maravilha, Décio Piccinini, Leão Lobo e Nelson Rubens de jurados! Seria sucesso!

  343. Eu escolheria “The Rapture”, porque o nome da banda já diz: êxtase, arrebatamento, enlevo dos sentidos, embevecimento. Além disso, ninguém ia ficar parado ao som de House Of Jealous Lovers!

  344. Escolheria The Subways, porque eles tem total a cara do Planeta Terra e quando eles começassem a tocar, tudo se tornaria muito mais fáacil !

  345. Eu escolheria a banda brasileira Kapitu, porque acho que a gente deve mostrar pro mundo que no Brasil tambem podemos fazer música de verdade !

  346. Que banda:
    Eu levaria: Florence and The Machine – para abrir os shows cantando Dog days are over!!!
    Motivo:
    Essa música tem cara de abertura de festival para iniciar com muita energia positiva porque começa lenta e depois fica BEM explosiva, assim como o Planeta Terra de 2011!!!

    _o/”\o_

  347. Eu escalaria eu mesma pra abrir o festival.
    Do jeito que tô ensaiando todas as letras do Strokes, capaz que eu mande muito melhor que o Casablancas na cantoria.

  348. Para uma abertura extremamente empolgante e enérgica todo o talento do Little Dragon! E ainda escolheria uma música para a entrada: ‘Precious’.

  349. AAAAAAAAAAAAAAAH, EU GANHEI!!!!!!!!!!!!!!!! \O/
    e agora, comofas?

    \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/

  350. Reuniria novamente o Oasis para abrirem o festival e tocarem somente uma música, “All Around The World”, para representar toda a união e alegria das pessoas que estarão curtindo o festival e toda a multiplicidade de sons e estilos do mundo que tocarão nos palcos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *