Conheça a sonoridade instigante do primeiro EP da banda brasiliense Voxolder

Além do incrível e promissor Sexy Fi, a capital nacional criou mais uma bela aposta na qual vale ficar ligado: Voxolder, um quarteto recém-formado e que lançou um EP que ainda deve chamar a atenção de muita gente.

Misturando trip-hop com electro e alguns leves toques de dream pop, o grupo alcança níveis e sonoridades raramente ouvidas em nossas terras. Na climática “In My Eyes”, por exemplo, é como se o Portishead desembarcasse no Brasil para novas experiências.

Em seis músicas, o Voxolder ainda passeia por uma tentativa de indie rock contido e sombrio em “Bud”, e pela linda “Left Handed”, que fecha o EP com batidas sutis, vocais etéreos e um clima paradoxal, misturando melancolia com traços de felicidade eletrônica.

E assim, com sonoridade remetendo a nomes como Fever Ray, Phantogram, Broken Social Scene e Zémaria, a banda, formada por Ricky, Meni, Puc e Rafa, segue na divulgação de seu primeiro trabalho, que já mostra maturidade e foco de gente grande:

  • moro aqui, sou criatura da night e nunca ouvi falar nessas 2 bandas!

  • Guilherme

    achei incrível!