Conheça os franceses do The Dø

The Dø (pronuncia-se “dou”) é o nome de uma banda formada pelo franco-finlandês Dan Levy e a francesa Olivia Merilaht. Em 2008, o duo lançou o álbum A Mouthful, muito bem recebido pela crítica especializada e, em março desse ano, lançará o segundo disco, sob o título de Both Ways Open Jaws.

A sonoridade do The Dø parece ser bastante singular. Eles fazem uma mistura de indie pop e folk, mas de um jeito muito peculiar, usando experimentalismos e influências diversas. A voz de Olivia, ora doce, ora forte, mas sempre afinada, é hipnotizante e se mistura muito bem às melodias.

Diferente do disco anterior, que contava com toda a doçura da moça, Both Ways Open Jaws traz uma Olivia mais firme em algumas faixas. Para apresentá-los, escolhi a música “Smash Them All”, sexta faixa do disco que vem por aí. Assistam também a esse vídeo com a performace da música “Dust It Off”, também do novo trabalho. Nele é fácil perceber o quanto a voz da francesa é encantadora.

Entre no Myspace da banda para ouvir mais músicas.

  • Boa dica. Não conhecia e gostei bastante! Valeu =)

  • eu tenho eles aqui e song for lovers é viciante

  • uma correção: o segundo álbum se chama Both Ways Open Jaws. O que acontece é que ele vazou quando nem tinha tracklisting definida ainda e deram o nome de Slippery Slope (acho que talvez, também, era o título provisório): http://www.thedo.info/

  • eu adoro The Do, mas “voz afinada” forçou MUITO a amizade ahuahauhauha

  • mas adorei a música!! gosto da banda exatamente por não ser talhadinha e perfeitinha. engraçado como quando vcs curtem mto uma coisa vcs demonstram uma empolgação que não condiz com um blog que, pensava eu, não pretendia passar impressões puramente pessoais…

  • Valeu henrique, correção feita!

  • Natalia, realmente ela desafina um pouco nos agudos, mas quando assisti ao vídeo de dust it off pela primeira vez, achei tudo tão lindo que nem reparei nisso… Tem tanta coisa mais ou menos por aí que quando a gente escuta algo que gosta tende a ressaltar mais que o normal e não vejo nenhum problema nisso, visto que é completamente sincero…

  • Cara! Tai uma banda q mudou pra caramba! No primeiro disco deles era tudo tão fofinho. Agora os caras vieram com umas referências meio bruxas! Credo!

    Mas ficou foda mto mais maduro!