Diva Elza Soares em quatro dias na Mostra Motumbá

Uma das maiores divas que você vai ver ao vivo, mora no Brasil, é preta e foi escolhida pelo NY Times como uma dos dez melhores álbuns de 2016. Detalhe, o Mulher do Fim do Mundo, que também entrou para a nossa lista, ganhou o Grammy Latino de Melhor de Música Popular Brasileira. Já te dei motivos suficientes para ir assistir a um dos shows que Elza Soares fará dentro da Mostra Motumbá, no Sesc Belenzinho, de hoje (16) até domingo (19). Saiba mais lá no Azoofa.

E se foi pouco, posso contar a vocês, que Elza estará acompanhada de um grande time de músicos Kiko Dinucci (que inclusive está lançando disco novo), Marcelo Cabral, Rodrigo Campos, Romulo Fróes, Felipe Roseno e Guilherme Kastrup (também produtor do álbum dela e recentemente também trabalhou com a banda INKY! Um timáço!

Elza também tem sido destaque pelo tema que escolheu para o álbum, o feminino. Recentemente foi convidada para participar do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo e apresentado por Fernanda Lima, para cantar a música “Maria da Vila Matilde”, onde canta os versos: “Cadê meu celular eu vou ligar para o 180”, número que é utilizado pelo governo para denunciar abusos e a violência contra a mulher. O programa era sobre feminismo. E você pode assistir aqui.

A mostra Motumbá – Memórias e Existências Negras integra diversas linguagens artísticas e ações culturais com o objetivo de apresentar um panorama das poéticas, estéticas e temáticas produzidas e interpretadas por grupos e artistas negros e periféricos. Começou em novembro e segue até março no Sesc Belenzinho, com programação variada, oficinas, debates, apresentações de teatro, performance, dança, shows musicais, saraus literários e muito mais.