Do mesmo selo de Salem e Florence and the Machine, conheça o NewVillager

O NewVillager está entre os nomes menos comentados das listas tipo “pra ficar de olho em 2011” que reverberam na imprensa musical por esses tempos. Intensos e pretensiosos, Ben Bromley e Ross Simonini descrevem o som que fazem como “new pop”. Você talvez enxergue alguma semelhança com MGMT, Devo ou Animal Collective, mas eles dizem que são “Michael Jackson meets the Beatles”.

Isso tudo ou não, o NewVillager está de fato produzindo algo diferente. Não estamos falando só de uma banda, mas sim de um projeto multimídia. Além de boa música, os caras também desenham, criam filmes, produzem animações e fazem performances pelas ruas do Brooklyn. Todos os esforços são justificados pela propagação de uma tal “mitologia NewVillager”, que defende a comparação dos mitos e rituais de diferentes culturas na tentativa de identificar temas e características comuns entre elas, o que resultaria na formação de novas idéias para o mundo. Parece interessante? Você pode tentar entender melhor essa história toda lendo os 3 artigos da Wikipédia que a banda linkou em seu perfil do Facebook.

O álbum de estréia do NewVillager sai ainda esse mês pela IAMSOUND, selo que também já lançou a Little Boots, a Florence and the Machine e o recente fênomeno underground Salem. O que temos de oficial, por enquanto, é o single “RichDoors/Genghis On”, lá de 2009. A novidade é o clipe da carismática e enigmática “RichDoors”, que apareceu em dezembro e é tão conceitualmente complexo quanto tudo o que eu contei sobre a banda até agora.

Para completar, o clipe acima é o resultado de uma performance coletiva gerida pelo NewVillager em março do ano passado.  Em nome do “Rich Doors Ritual”, os caras reuniram mais de 30 pessoas em sua casa no Brooklyn para, simultaneamente, apresentarem 10 instalações de arte e participarem de um jogo nerd-misterioso chamado Synthesis. Se é o tipo de coisa que se espera de uma banda que tem tudo pra estourar em 2011? Vamos acompanhar.

[via]

a way of enacting