Ela contesta, ela grita, ela dança, ela é Linn da Quebrada, mais um grande show para assistir

Ela abre o show cantando ainda da cochia: “Estou procurando, estou tentando entender, o que é que tem em mim que tanto incomoda você”, se autointitula “bicha, preta, trans” e bota medo nos macho alfa que não entendem seu lugar no mundo. Esta é a Linn da Quebrada, que toda trabalha no vermelho subiu ao palco do Sesc Belenzinho no começo do mês para mostrar em primeira mão, pela primeira vez, todas as músicas de seu álbum, que descobrimos pela assessoria de imprensa dela, deve chegar em breve. Ainda no primeiro semestre.

Linn chegou ao mercado musical cheia de atitude, inúmeras foram suas participações em shows (esteve no de Liniker e os Caramelows dançando e cantando, por exemplo), mesmo sem álbum ou EP, apenas com uma língua afiada e dois singles que são cantados em uníssono pela plateia, “Enviadecer” e “Talento” (a mais nova).

Mas porque Linn chama tanto atenção? Porque ela quebra paradigmas e fala para uma comunidade que está ávida por voz, sejam as mulheres, os/as negras (separadas aqui porque tem pautas diferentes e ao mesmo tempo iguais), os LGBTs (e tudo mais que a sigla engloba), sem medo nenhum! Além disso, ela bate de frente com o machismo imposto pela sociedade. Canta música de empoderamento e não deixa ninguém de fora, fala de sexo sem vergonha alguma e ainda faz rimas “engraçadas”.

Afinal, não dá para não achar “engraçado” (aspas mesmo, porque é de certa forma libertador e às vezes, você está tão preso ao establishment, que fica sem graça) a letra de “Necomância”: “Então deixa a sua piroca bem guardada na cueca. Se você encostar em mim, faço picadinho de neca”!. Assita aqui a apresentação da canção no programa Showlivre.

Outra pegada que faz com que Linn seja tão conhecida e tenha tanta abragência é o fato de cantar funk. Vamos combinar que é não tem como ficar imune ao ritmo, né? No show, ela apavora! Solta frases fortes, seja nas músicas ou não, dança, brinca e chama todo mundo para dançar! Na próxima, não perca! É um grande espetáculo!