Em sua nova formação, Panic At The Disco ganha membros dos Wombats

O Panic At The Disco era emo quando nasceu e, depois de tirar o ponto de exclamação do nome, ficou muito cool com as tais influências dos Beatles, pelo o que ouço por aí. No entanto, nunca me dei ao trabalho de baixar o segundo álbum da banda para comprovar o feito.

Enfim, o que interessa (digo, o que deveria interessar) é que o Panic morreu. Quer dizer, metade do Panic morreu. Ryan Ross (guitarra) e Jon Walker (baixo) declararam ontem, no site oficial da banda, que estavam saindo do grupo por tomar “rumos criativos diferentes” dos seguidos por Brendon Urie e Spencer Smith, membros que permanecem na formação.

A parte que me comove é que Matthew Murphy e Tord Overlond-Knudsen, da maravilhosa banda britânica The Wombats, taparão os buracos do Panic durante a próxima turnê americana da banda, segundo rumores. Achei bizarro.

Emo is the new indie.

UPDATE: Emo is not the new indie. Não por enquanto. Bob McLynn, empresário da banda, afirmou que Brendon e Spencer ainda não pensaram sobre a escolha de um novo cast para a banda. A ordem é esperar.

  • Panic é uma banda muito boa; com a saída do Ryan e Jon, ficou meio defasada. Wombats também é uma ótima banda; acho que vai ser legal essa experiência;

  • @eduardodd

    Não, essa notícia já foi desmentida, ninguém dos Wombats vai pro meu precioso panic ):
    http://www.patdbr.com/index.php?subaction=showcomments&id=1246923340&archive=1246926537&start_from=&ucat=&
    Tá aqui a notícia no panic br

  • zooey

    só pra completar tudo ae [pq, pelo jeito, você não gosta ou não entende muito de panic]

    os caras não eram emos, nem nunca fizeram um som parecido com emocore. o que pegou tanto no rótulo deles, é que fizeram sucesso bem na época do estouro emo por aqui, e pq os coitados usavam maquiagem [grande merda]. O som do panic sempre foi animado, mesmo com a acalmada do segundo album. Bem, com a saída do Ryan, podemos esperar um PATD mais eletrônico [já que ele que ‘controlou’ toda a produção do segundo album]. Panic antigo morre, mas, pelo jeito, o Panic novo vai ser bem melhor. Agora é esperar o novo album deles, que tá pra sair. [e que, segundo os integrantes, sai em agosto]
    Wombats não vai tocar com PATD nessa turnê com blink-182.

    ah, sim. O nome do vocal é Brendon, e não Brendan.

  • zooey

    só pra completar tudo ae [pq, pelo jeito, você não gosta ou não entende muito de panic]

    os caras não eram emos, nem nunca fizeram um som parecido com emocore. o que pegou tanto no rótulo deles, é que fizeram sucesso bem na época do estouro emo por aqui, e pq os coitados usavam maquiagem [grande merda]. O som do panic sempre foi animado, mesmo com a acalmada do segundo album. Bem, com a saída do Ryan, podemos esperar um PATD mais eletrônico [já que ele que ‘controlou’ toda a produção do segundo album]. Panic antigo morre, mas, pelo jeito, o Panic novo vai ser bem melhor. Agora é esperar o novo album deles, que tá pra sair. [e que, segundo os integrantes, sai em agosto]
    Wombats não vai tocar com PATD nessa turnê com blink-182.

    ah, sim. O nome do vocal é Brendon, e n

  • Obrigado pela correção, zooey.

  • @eduardodd

    Concordo com zoey, o Panic vai mudar, mas vai ser pro bem, espero. O pretty tava lindo, mas o terceiro vai ser perfeito!
    E reforçando o que a zoey disse, o Panic não tem letra de emocore, muito menos o ritmo.

  • Monique

    querendo ou não, eram emo

  • klr

    Não curto e duvido muito que melhore alguma coisa nisso ai.
    é esperar pra ver.

  • Kelly

    Isso é uma piada, certo?!
    Ok, não é! =/

  • David

    O segundo álbum do PATD é lindo, muito diferente do primeiro. Letras bem escritas, melodias bem trabalhadas, um álbum mais calmo. Eu passei a gostar da banda depois de ouví-lo. Na boa, se eles fossem suecos, não tivessem franjas e uma grande gravadora por trás, mas fizessem o mesmo som do último cd, muita gente gostaria e nao teria esse tipo de preconceito em relação a eles.

  • Pingback: Move That Jukebox! » The Young Veins e sua nova (e simpática) música()

  • o cd pretty foi mt lindo perteito,td os detalhes beem trabalhados td
    e claro que panic nunca foi emo(/fato
    só pq tinham franja e usava maquiajem isso não qer dizer nada,se não conheçe a banda não fala,eles não são emo’s ta na cara,as musicas não são do tipo emocore,eles não cantam aquele tipo de musica melancolica, basta ouvir pra saber,e tipo eu creio que msm com a saida do ryan e jon não vai afetar em nada a banda,enfiin com a entrada dos dois novos intregantes a banda vai ficar ainda melhor.

  • thalia

    eu amo eles ih pra min isso eh q enteressa
    soh quero e tenho certeza q eles iram mudar pra melhor
    panic eu te amo;)

  • Mady

    Se o Panic! foi ou não emo, não faz diferença. Os ritmos, as letras, as melodias são perfeitas. Tudo bem que eu preferia que o Ryan e o Jon ainda estivessem na banda mas… Ér…
    Enfim, eu também adoro os The Young Veins… Mas… Que eu preferia o Ryan no Panic! ah, isso eu preferia! =’)
    O Vices&Virtues é perfeito, cara. Tem músicas ótimas e contagiantes.
    Pretty Odd, como muitos disseram, foi o mais calmo mesmo.
    Meu álbum preferido é sem dúvida o A Fever You Can’t Sweat Out. <3
    Não que os outros não fossem perfeitos. Sempre serão. Panic! At The Disco: mais pessoas tem que saber quem eles são. Melhor banda. =)
    Ryan… Volta, cara. Volta para o P!ATD… Ç.Ç

  • Julia

    Cara! Eu sou fã recente , mas acho que o album vices & virtues eh muito legal e contagiante, mas ainda acho qiue o album pretty odd foi o melhor da banda! Eu queria muito que o Ryan voltasse para a banda!