Entrevista: Jake Bugg faz algo que não imaginávamos! Sorri!


Texto Lid Capitan

Ontem, dia 8 de março, o inglês Jake Bugg fez um show privado para alguns fãs, convidados e imprensa na Vevo Brasil em parceria com o projeto Paralise o Guillain-Barré, a fim de incentivar a campanha de arrecadação de fundos e espalhar informação sobre a doença.

A síndrome de Guillain-Barré é uma doença autoimune, que pode estar relacionada a outras infecções, mas houve um aumento dos casos nos últimos anos por causa da propagação do Zika vírus. A doença ocorre quando o sistema imunológico ataca o sistema nervoso e o paciente sente fraqueza muscular, dificuldades de controlar seus movimentos, e nos casos mais graves, comprometendo todo o funcionamento do corpo, inclusive, colocando órgãos vitais em risco.

O projeto Paralise o Guillain-Barré tem como objetivo informar a população sobre esta doença rara, mas que pode afetar qualquer faixa etária, e para arrecadar fundos para o Departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ, uma das poucas instituições que se propõe a pesquisar sobre o sistema nervoso periférico e doenças como o Guillain-Barré. Para saber mais sobre o projeto e doar para a campanha, clique neste link.

Antes do pocket show, Jake nos concedeu uma entrevista rápida sobre seu envolvimento no projeto e seu último disco, On My One, que possui uma pegada diferente dos dois primeiros. Confira!

No show acústico, Jake cantou em torno de cinco músicas, muitas do primeiro disco, como ‘Simple As This’ e ‘Broken’, e ainda respondeu algumas questões dos fãs. Como por exemplo, sobre a capa do seu último disco que reflete suas várias influências de outros gêneros musicais, como o Hip-Hop e a música eletrônica, sobre seu carinho com os fãs brasileiros que o fazem sorrir com seus gritos histéricos, e sobre como ele canta de olhos fechados para se imaginar em algum lugar bem distante.

O cantor fará um show em São Paulo ainda hoje, dia 9, no Citibank Hall, depois segue para Rio de Janeiro, no dia 10, onde fará seu show no Circo Voador, e depois finaliza a turnê em Belo Horizonte, no dia 11 de março, no Music Hall.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *