Escute 30 segundos do novo single do Arctic Monkeys

São só 30 segundos, mas, meus amigos, eu não me lembro de ter ouvido nada tão pesado vindo do Arctic Monkeys. E o irônico é que, por ter descartado Josh Homme na produção do novo álbum, muitos acharam que a sonoridade do quarteto inglês retornaria às guitarras limpas dos 2 primeiros trabalhos – o que ainda pode acontecer, obviamente.

“Don’t Sit Down ‘Cause I’ve Moved Your Chair” (que nome excelente!) chega como single só no dia 11, mas o esperto Some Kind Of Awesome conseguiu, via uma prévia da Amazon, um trecho de 30 segundos da faixa, cujas guitarras disparam um riff pesadão e inesperado até para os ouvidos mais fanáticos por Humbug, disco lançado pela banda em 2009. Escute e fale se tô mentindo:

Impressão minha ou Wasting Light pode começar a se preocupar com sua soberania no topo da lista de melhores discos de rock do ano? Tá, gente, eu sei que são só TRINTA SEGUNDOS e que estamos em abril e tal, mas acho divertido fazer previsões do tipo – e as minhas, pelo menos pra Suck It And See, são as melhores possíveis.

12 Comentários para "Escute 30 segundos do novo single do Arctic Monkeys"

  1. Cara, já ouviu o B-Side do Humbug? Tem uma música que chama Fright Lined Dining Room que é mil vezes mais pesada que isso aí.
    Não que esses 30s não sejam bons, mas não são tão pesados quanto essa outra canção dos Monkeys e muito menos pesada do que o seu texto me fez crer.

    Aguardemos o Suck It And See!!! 😀

  2. cara, já ouvi “Fright Lined Dining Room” e é pesadona, de fato, mas, sinceramente, não acho mais pesada que esse pedaço aí – mas batem de frente, realmente. ainda tenho que verificar, posso estar errado porque não manjo de sacar tons de músicas de ouvido, mas acho que as guitarras estão até com afinações mais pesadas, tipo Drop D e tal…

  3. quando li seu texto eu fiquei esperando algo bem mais pesado, hehe.
    ainda acho Fright Lined Dining Room mais pesada, mesmo q esse single novo esteja em Dropped D, mas whatever…

    o que importa é q logo logo esse disco novo chega pra alegria da galera! ahuuah

  4. meu Deus, ficou demais. tudo bem que são só 30 seg, mas já deu pra se ter uma boa noção. e concordo com tudo que você disse no texto, só acho que o Wasting Light nem é tão importante assim, o principal concorrente de disco de rock do ano é sim o Angles (do Strokes)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *