Escute “Doctors In My Bed”, lado B de single do Yuck

Um dos debuts mais comentados de 2011 começa a ter seus b-sides revelados. A banda Yuck, que lançou disco homônimo em fevereiro, divulgou seu novo single, que é a faixa de abertura lindona “Get Away” – e com ela, veio uma bonus track que não perde em nada pro resto do álbum.

“Doctors In My Bed”, lado B que acompanha “Get Away”, mostra o quarteto inglês fazendo o que sabe melhor: canções com apelo noventista e aparentemente tocadas por adolescentes com camisas de flanela e muitas guitarras distorcidas durante seus quase 4 minutos de duração. Não tem erro:

  • Vinicius

    Fiquei arrepiado com essa, sério.

  • Gabriel

    Não ouvi o cd inteiro (e é provável que não o faça), mas, sinceramente, se “adolescentes com camisas de flanela e muitas guitarras distorcidas” é um referência ao grunge, essa música e umas duas outra que ouvi por aí passam longe.

    As três pareceram-me mais influenciadas pelo som de meados da década de 80 (estão mais próximas de algumas coisas do Pixies e Dinosaur Jr do que do Nirvana e Mudhoney, por exemplo). É lógico que algumas bandas grunges foram influenciadas por esse “alternativo”, mas, ainda assim, a sonoridade é distinta.

    Já ouvi outras pessoas falando isso dessa banda… acho que isso é sinal de que o próximo revival é da década de 90.

  • Gabriel, não é necessariamente uma referência ao grunge, mesmo porque o estilo deles, como você falou, passa longe de Nirvana e Soundgarden. É mais uma referência geral pro rock alternativo da primeira metade dos anos 90, com Superchunk, Dinosaur Jr, Teenage Fanclub, Pavement e até o shoegaze do My Bloody Valentine =)

  • Gabriel

    Saquei… é que a história da flanela e distorção acabou muito associada às bandas de seattle (e ao monte de coisa que apareceu na leva). Virou uma definição do som, o que é estranho se pensarmos a diferença entre as bandas.

    Mas é isso ae… e, porra, não estou querendo encher o saco não, acho bom que exista alguém que faça esse trabalho de vocês (mesmo tendo algumas discordâncias e fazendo algumas provocações).

  • Curto de montão seus dizeres, Neto!