Exclusivo: Paulo Neto mistura ciranda e indie paulistano em “Auto da Maravilha”

Paulo Neto. Foto: José de Holanda/Divulgação

O primeiro gosto do novo trabalho de Paulo Neto já tem nome e data para nascer: “Auto da Maravilha” estreia em todas as plataformas digitais no dia 25 de agosto. E ele escolheu o Move That Jukebox para mostrar em primeira mão o single que fará parte de seu segundo disco, chamado Rosário de Balas, previsto para outubro e mais um lançamento da YB Music.

O disco e canção, que vocês poderão ouvir ao final da matéria teve produção do grande artista Rodrigo Campos e direção artística de outro grande nome, Celso Sim. O álbum promete trazer uma mistura de regionalismos, já que Paulo Neto é pernambucano, com a música independente paulistana. Todas as canções são inéditas e assinadas por ele e parceiros.

“Paulo se mostra nesse trabalho um compositor sensível, que chega com assinatura”, comenta Rodrigo Campos, que debuta seu primeiro trabalho como produtor musical. “E em “Auto da Maravilha” podemos ter uma primeira impressão dessa assinatura, que traz referências de um Nordeste já impregnado no inconsciente coletivo brasileiro, mas por um viés afetivo, de quem viveu aquilo, e traz o sentido consigo o tempo todo.”

É uma canção hipnotizante, muito bonita e que mostra claramente que vem coisa muito boa por aí. Com tambores e um ar de ciranda, “Auto da Maravilha”é uma canção também sobre vencer as dificuldades e “voar”.

O disco foi gravado nos estúdios da YBmusic, em São Paulo, e será lançado pela gravadora em parceria com o Selo Circus. “Auto da Maravilha”, composição de Paulo e Marco Villane, traz Allen Alencar na guitarra, Marcelo Cabral no baixo, Thomas Harres na bateria, Thomas Rohrer na rabeca, e Maurício Badé na percussão.

Pernambucano, nascido em Condado, cidade da região da Zona da Mata Norte, lançou em 2012 seu primeiro e elogiado CD Dois Animais na Selva Suja da Rua produzido por Thiago Marques Luiz e DJ Zé Pedro um ano depois de ter ganhado o Prêmio da Música Brasileira na categoria Vale Cantar Noel como melhor intérprete.

Confira abaixo o álbum completo, na Apple Music: