Fernanda Popsonic’s Jukebox (Lucy And The Popsonics)

Com disco novo na praça, lançado antes aqui no Move, a banda Lucy And The Popsonics virou um trio e está em pleno pique não só para divulgar o segundo trabalho, como também já para pensar em futuros lançamentos. Isso quem contou pra gente foi a própria Fernanda Popsonic, baixista e vocalista do grupo. Em uma rápida e agradável conversa, ela também deixou escapar que planeja ir à Filadélfia para subir uma certa escadaria. Saiba mais sobre essa ideia maluca logo abaixo:

E o hype? O que você tem escutado de novidade?
Bandas escandinavas como Little Dragon, Oh No Ono e musicais.

Good Times Bad Times – qual banda/artista sempre esteve ao seu lado, fazendo, por mais piegas que isso possa soar, a “trilha sonora de sua vida”?
R.E.M, Radiohead e Bjork.

Do the D.A.N.C.E. – o que não pode faltar na hora de soltar a franga na pista?
Se não tiver meu microfone e o meu baixo por perto, tem que ter um DJ pelo menos criativo e com conhecimento musical, o que é difícil de se ver hoje. Se for para eu sair de casa, não quero ouvir o mais do mesmo, tipo The Ting Tings e aqueles “maximal” que nego bêbado coloca no talo se esquecendo que o som distorce depois de um certo volume. Por mais que eu goste da banda, se eu posso ouvir em casa não preciso sair dela.

E os planos para o novo disco da banda? Já decidiram possíveis singles, clipes, etc? E shows na gringa? Já rolou convite pra mais um SXSW?
Estamos pensando já no terceiro disco. A entrada do Beto está abrindo possibilidades antes nunca imaginadas pela gente. Estamos muito pilhados para produzir com ele. Provavelmente vamos ao SXSW e fazer uma pequena turnê pelo exterior, uns shows no Brasil e logo um disco novo, com certeza.

Você não vale nada mas eu gosto de você – todo mundo tem um guilty pleasure, vai. Aquela banda que você só escuta quando não tem ninguém por perto e, por garantia, com fones de ouvido.
Rocky Balboa – The Best of Rocky. Depois que eu entrei no Boxe, esta tem sido a trilha sonora para eu acordar com vontade de fazer exercícios físicos, além disso pretendo sinceramente ir à Filadélfia ano que vem para subir aquelas escadas correndo e pular no final. Hahaha. Ai, que vegonha…Vou mandar logo este email sem relê-lo para não ter de mudar isso, ok? Haha.