#FicaDica: Leon Bridges

Leon Bridges no The Green Mill ( 4802 N. Broadway ). Foto: Lenny Gilmore /RedEye/Divulgação

Todd Michael Bridges, ou apenas Leon Bridges para os íntimos é um texano de 27 anos que faz um som que toca na alma. O início da carreira de Bridges foi marcado pela divisão das apresentações de suas composições em noites de microfone aberto e o trabalho de lavador de pratos.

Os anos 50 e 60 são forte influência da música de Leon, o ar retrô é marcante, desde a escolha estética de seus clipes, os figurinos de apresentaçãoe principalmente até suas principais referências músicais que são: Bobby Womack, Willie Nelson, Townes Van Zandt, Sam Cooke.

O primeiro trabalho do soulman foi lançado em 2015 pela Columbia Records, com o álbum Coming Home. Veja o clipe aqui:

A estreia de Leon é sinalizada pelo “apadrinhamento” do Austin Jenkins e Joshua Block da banda White Denim que trabalharam como produtores nas primeiras faixas de Coming Home e que agora contam com Jenkins como guitarrista da banda de Bridges.

Desde então, Bridges tem tocado em muitos festivais como SXSW , Monterey Pop Festival, Jazz Fest (New Orleans), Sundance Film Festival e Apple Music Festival que você pode ver aqui.

Além disso, o músico já abriu shows para nomes como Sharon Van Etten, colaborou com Macklemore em Kevin, escreveu “Concussion” para o filme “So Long” de Will Smith e ainda vai fazer uma collab com o duo eletrônico Odesza.

Mas não para por ai, quem quiser ver Leon Bridges ao vivo, ele vem para o Brasil em 2018 e vai fazer a abertura de todos os shows do Harry Styles.