Heineken Block traz música e incentiva um novo olhar à cidade

“Shape Your City” ou “Molde sua Cidade” é o recado que a Heineken está dando com o novo evento. Foto: Google Images/Divulgação

Os eventos da Heineken se transformaram em disputas por ingressos que se esgotam em segundos. Tudo isso só mostra como a marca conseguiu fazer não só uma apresentação de música com cerveja, mas também providenciar experiência para os corajosos viciados em internet. No Heineken Block que segue para o seu último final de semana, com shows de As Bahias e a Cozinha Mineira (dia 10) e Rael (11), não poderia ser diferente.

Mais uma vez, a marca busca trazer uma visão diferente da cidade. Primeiro foram os rooftops, que ocuparam o alto de prédios icônicos da cidade e ainda incentivaram a abertura de alguns espaço em São Paulo, como o rooftop do conhecido edifício Esther, no centro da cidade. E agora o evento quer reavivar a memória numa ocupação na Vila dos Ingleses, no coração da Luz.

Localizada na Rua Mauá, 836, a Vila é um aglomerado de 28 casas assobradadas construídas entre os anos de 1915 e 1919, com o intuito de servirem de moradia para os engenheiros ingleses que trabalhavam nas obras da Estação da Luz e da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. O estilo arquitetônico das casas tem raízes no estilo vitoriano, com influências do colonial brasileiro. Hoje, o local é utilizado com escritório e ainda abriga um pequeno restaurante de comida caseira, que segundo o TripAdvisor vale a pena conferir. 

Já no evento da Heineken é possível comer e beber em alguns foodtrucks ou se deliciar com hambúrgueres do restaurante Meats, comandado pelo chef Paulo Yoller, que criou molhos que levam a cerveja na receita. E sério, é muito gostoso! Os preços nem tão salgados, tá? R$ 23. A Heineken geladinha também está num preço ok, R$ 8.

Outra coisa que chama atenção é a decoração feita na Vila, que ficou absolutamente linda. Cheia de samambaias e outras plantas, a Heineken caprichou. Mas a ideia aqui é também deixar um legado e por isso, o marca fará um painel de lambe-lambes em parceria com o coletivo de arte SHN, para relembrar de que a cidade deve ser ocupada de maneira inteligente e diferente. E se você for ao local, pode inclusive fazer a sua colaboração fazendo um lambe personalizado para participar da arte. Imagina passar por uma obra de arte e saber que você ajudou a contruí-la? É ou não é fazer parte da sua cidade?

Além de tudo isso, ainda dá para ganhar um vinil em lo-fi feito na hora com o artista que está se apresentando e uma coisa, que eu adorei, se você bebe uma Heineken, pode entregar a sua garrafa vazia e ganhar uma garrafa de água. Sou super apaixonada por eventos que dão água para os seus visitantes. É muito humano!

No palco, Rincon Sapiência

Passamos no evento domingo passado (4), e tivemos duas sortes, ver o Emicida discotecando e o show inspirado do Rincon Sapiência. Confesso, já havia assisti ao show do rapper paulistano, mas acho tão ruim, por isso, não escrevemos por aqui. O problema, coitado, foi o seguinte, o som simplesmente estava uma merda e por mais que ele quisesse ou se esforçasse, não tava dando para entrar no clima.

Embora tenha sofrido duas vezes com interrupções tecnológicas, Rincon e seus parças estavam simplesmente inspirados na noite desta apresentação. Era uma sequência de música colando na outra, raps sendo improvisados na hora, ska, reggae e até funk fizeram parte do show. Sim! E ele ainda chamou uma série de pessoas no palco para sua versão de “Bum Bum Tam Tam” do MC Fioti. Rincon mostrou as músicas de seu disco e aqui para o MOVE o melhor disco do ano, Galanga Livre.

Mas sendo ele um artista tão inventivo e cheio de talento, já tem música nova na área, né? “Área de Conforto” é a nova música do artista, que já veio com videoclipe e mandando seu recado direto da quebrada.


*A entrada do evento é gratuito, mas é preciso se inscrever pelo site da Heineken, nesta quinta (8), a partir das 17h. Aqui o link.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *