A indescritível presença de Gal. Fa-tal!

Gal Costa durante gravação do DVD na Casa Natura. Foto: Marcus Hermes/Casa Natura Musical

Dia 23 de junho de 2017, Gal Gosta subiu ao palco da Casa Natura Musical para a primeira noite de gravação do DVD que acaba de sair. A artista mostrou músicas de seu mais recente álbum Estratosférica (2015), mas não deixou sucessos de lado. “Meu Nome é Gal”, “Cabelo”, “Mal Estar Secreto”, “Objeto Não Identificado”, “2 e 2”, “Os Alquimistas estão chegando” e “Pérola Negra” entraram na lista de canções que apresentou nesta linda noite.

Ainda teve espaço para canções que nunca haviam chegado à voz de Gal, como “Cartão Postal” (confira ao final do texto), rock de Rita Lee e Paulo Coelho lançado originalmente em 1975, e para a inédita “Por um Fio”, de Marcelo Camelo, escrita especialmente para a voz de Gal.

O show em si não é uma grande produção. O cenário é feito basicamente de um jogo de luzes e da bela voz de Gal. E que presença de palco que essa mulher tem. Ver Gal no palco é um privilégio. Ela tem uma presença quase que indescritível, é engraçada e de novo, canta como ninguém.

Logo no começo da apresentação se mostrou inquieta com um ponto que tinha no ouvido, explicou que não tem o costume de usar, mas que para garantir um som perfeito, iria fazer isso para não ter problemas. Contou várias anedotas, uma delas de quando ainda Maria da Graça, conheceu Caetano Veloso, enquanto cantava uma música de Wanda Sá. Sorriu e deixou todo mundo de queixo caído.

A direção do DVD Estratosférica ao Vivo é assinada por Joana Mazzucchelli (Polar Filmes), chega nas lojas pela Biscoito Fino, tem roteiro, criado por Marcus Preto e produção musical de Pupilo (Nação Zumbi).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *