Jay-Z explica como o sucesso do Nirvana interrompeu o crescimento do Hip Hop nos anos 90

Jay-Z diz que o Nirvana interrompeu temporariamente o desenvolvimento do Hip Hop. Em entrevista ao novo livro de Pharrell Williams (Pharrell: Places and Spaces I’ve Been), Shawn Corey Carter discute o impacto cultural proporcionado pelo Grunge no mundo da música e consequentemente, sobre seu próprio trabalho.

“Foi estranho, porque o hip-hop estava se tornando essa força. Então, o Grunge o deteve por um segundo, sabe?”

O rapper acredita que tudo isso aconteceu porque o Nirvana e as outras bandas daquela geração eram completamente diferentes do que estava sendo suplantado pelas paradas de sucesso.

“As Hair Bands dominavam as ondas do rádio e o Rock se tornou mais aparência do que a real substância que ele representava: o espírito rebelde da juventude. Foi por isso que ‘Smells Like Teen Spirit’ foi tão importante, porque dava voz aquilo que toda a gente sentia”

“Aquelas Hair Bands eram muito fáceis para nós a superarmos; mas quando Kurt Cobain veio com aquela afirmação foi como, ‘Nós temos que esperar um pouco’. Sempre me interessei por música e quando essas forças chegam é impossível escapar. Você não consegue desviar a atenção delas, não podes deixar de ouví-las. Ele [Kurt Cobain] era uma daquelas figuras. Eu sabia que nós tínhamos que esperar por mais um instante antes de nos tornarmos a força dominante na música.”

Detalhe que em momento algum Jay-Z critica ou se lamenta o sucesso do Grunge; o rapper se mostra até admirador da essência do bom e velho rock and roll.

Vinte anos depois, o Rap é com certeza a maior força da indústria musical, liderado internacionalmente por grandes grupos, compositores e produtores como Kanye West, G.O.O.D. Music e o próprio Jay-Z – isso só para citar alguns. Em dúvida? É só acompanhar as listas de melhores canções do ano até o momento e se deparar com Watch The Throne, Azealia Banks, 2 Chainz, A$AP Rocky, entre outros.

O livro Pharrell: Places and Spaces I’ve Been será lançado no dia 16 de outubro, trazendo diversas entrevistas que incluem notáveis personagens do mundo da música que inspiraram o trabalho de Pharrell William ao longo de sua vida.

Fonte: Degenerando Neuronios