Jens Lekman pegou H1N1 em passagem pela América do Sul

Ai, deixa eu ver se estou com febre…

A Gripe Suína, a.k.a. H1N1, acaba de ficar bem mais cool, com uma vibe indie e pitada sueca: Em seu site, Jens Lekman revelou que virou mais uma vítima do vírus. O cantor passou pela América do Sul recentemente, entre 13 e 20 de junho, quando fez uma turnê de seis shows por aqui. Só no Brasil foram quatro apresentações.

Levando a doença na brincadeira, Jens a chamou de “um souvenir da América do Sul”. O cantor escreveu o seguinte:

Eu estava atravessando o Atlântico quando as coisas começaram a ficar muito ruins. A febre trazia alucinações e me fazia tremer como uma folha. Aí eu agarrei a camisa de um comissário da Air France: “Não estou me sentindo bem, preciso de um médico”, eu disse, e a resposta veio como uma mistura brilhante de ansiedade de morrer e mediocridade francesa: “Ah, sim… Terminal D… talvez seja o caso de ir lá quando pousarmos”. A partir daí os comissários e aeromoças começaram a mudar seus caminhos. Um anel de acentos vazios se formou em volta de mim. Os olhos das pessoas tinham uma expressão gentil, mas determinada, dava pra ler “Coitadinho, eu realmente quero que você melhore mas se vier pra perto de mim ou do meu filho eu vou ter que te esfaquear com essa faca de plástico”. Eu levantei e fui ao banheiro, onde desmaiei.

Lekman terá de ficar isolado pelos próximos dez dias, mas não terá nenhum show cancelado. Sua próxima apresentação acontece em 9 de julho no Trenan Festivalen, da Noruega. Late of the Pier, The Whitest Boy Alive e Ida Maria também estão no line-up do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *