“The King Of Limbs”, novo disco do Radiohead, será lançado no próximo sábado. Também achei que era mentira, mas é sério.

Poucas coisas salvam uma segunda-feira de ser o pior dia da semana. Mas não é nada que um disco vazado, outro anunciado e o maior prêmio da música entregue nas mãos de quem merece não resolva. Mas vamos por partes, porque o dia começou algumas horas atrás, lá na madrugada pós-domingão, com o Different Gear, Still Speeding, debut do Beady Eye, vazando nas interwebs. Já ouvi metade e tem potencial pra ser melhor que muita coisa que o Oasis já fez. Pouco depois, o Arcade Fire, provavelmente fazendo seu som quase unânime chegar aos ouvidos de muita gente pela primeira vez, desbancou Lady Gaga, Katy Perry, Eminem e Lady Antebellum (??) ao levar…respira… o Grammy de Melhor Álbum de 2010. Isso sem contar com as DUAS apresentações impecáveis da banda no palco da premiação. E aí, meus amigos, como se já não fosse o bastante dormir com um leve sorriso no rosto, você acorda e descobre que, no próximo SÁBADO, tem disco N.O.V.O. do RADIOHEAD na área. Vou repetir: no próximo sábado será lançado o novo álbum do Radiohead. Já pode voltar a dormir e acordar só em 5 dias?

The King Of Limbs chega assim, à la In Rainbows, sem mais nem menos, sem explicações e praticamente sem aviso prévio algum. O oitavo disco da banda que fez o show da vida de muita gente 2 anos atrás já tá em pré-venda neste site – e, se você tem 48 dólares sobrando na sua conta, dá uma olhada no conteúdo do pacotão que você pode adquirir, o chamado “Newspaper Album – PRESALE”:

* Two clear 10″ vinyl records in a purpose-built record sleeve.
* A compact disc.
* Many large sheets of artwork, 625 tiny pieces of artwork and a full-colour piece of oxo-degradeable plastic to hold it all together.
* The Newspaper Album comes with a digital download that is compatible with all good digital media players.
* The Newspaper Album will be shipped on Monday 9th May 2011 you can, however, enjoy the download on Saturday 19th February 2011.
* Shipping is included in the prices shown.
* One lucky owner of the digital version of The King Of Limbs, purchased from this website, will receive a signed 2 track 12″ vinyl.

Se a grana tiver curta, dá pra pegar a opção digital por 9 (MP3) ou 14 (WAV) dólares. A versão física de King Of Limbs chega às lojas no dia 28 de março.

E agora? Como faz pra aguentar a semana e esperar esse fim de semana que nunca foi tão distante? E olha que ainda tem Strokes e Foo Fighters dando as caras por aí a qualquer momento. AGORA VAI, 2011!

  • Cara, e eu que estava achando que a vida não estava fácil pra ninguém nessa Segunda-Feira, realmente é para salvar o dia! Agora é esperar o lançamento e o link certo para baixar o novo album =)

    Obrigado!

    Abs

  • pois é, quem ia imaginar que poderíamos ser tão felizes em uma segunda feira, não é???

    então Kings of Limbs é o nome do álbum que será o mais falado dos próximos anos? Great.

  • Julio

    Muito bom post… 2011 tá do caralho pro Indie Rock!

  • Duque

    Eu nunca vi o Win Butler tocando tão feliz depois de ganhar o de melhor álbum…

    e PORRA RADIOHEAD, quer me matar do coração? PQP!

  • Vixiiiii…

    E pra muita gente, já o disco do ano sem nem precisar ouvir….hehehe

  • Cesar

    Ouvi o disco novo do Radiohead. Sou super fan. Porém: apenas nota 3 no iTunes !
    Sabe aquele negócio: as primeiras audições soam estranhas…
    Acho que ouvindo outras vezes a gente se habitua com o disco.
    Me parece mais um trabalho solo do Thom…
    Vamos amadurecer o disco.
    Tchau.

  • Alxson

    A melhor banda de todos os tempos, porra, Thom sempre ta inovando mas nunca esquecendo das melodias marcantes, a musica “CODEX” me liguei de primeira, prefeita!!!!!!

  • Len

    Pra mim um discaço. Arrisco dizer q é o melhor trabalho da banda.

    Coeso, orquestrações em Bloom e Codex (provaveis arranjos do Jonny).
    Por sinal, Bloom é impressionante. Assim como a estupenda linha de baixo, guitarra de bateria de MorningMrMagpie.

    o disco todo é bem construiido, Phil está impressionante, o vocal do Thom cada vez melhor, Colin entre linhas de baixo sensacionais como na sedutora “Lotus Flower”.

    Separator está entre as melhores letras e finais da discografia.

    Eu entendo q as primeiras audições remetam ao “The eraser”. Muito pq o Thomas tirou um pouco mais o deley e efeitos de costume. Mas ele é o fio condutor (como é em OKC/Kid A/HTTT).

    O disco solo do thomas é feitos de Loops/beats/ sobrepsições.

    É um erro de audição achar q The King Of Limbs um disco eletrônico, so com “batidas” e “ritmica” de loops. O disco novo é organico até os ossos. Jonny e ed trabalham de forma monstruosa em Separator. Lembrando o final de Blow Out (soq mais psicodelico).

    Pra mim, uma obra prima.