Lá se foi mais um mestre, morre Leonard Cohen

leonard-cohen

Quem diria que exatamente dez meses após a perda de David Bowie a música perderia também um outra grande mestre, o trovador Leonard Cohen. O canadense mrreu ontem a noite (10) por problemas ainda não revelados. A notícia foi dada no site do cantor, pede que os fãs que tenham respeito a dor da família e que haverá uma missa em Los Angeles (EUA), onde ele morava nos últimos anos.

Confira abaixo:

Cohen se vai após lançar o disco You Want it Darker (Você quer escurecer – em tradução livre) em outubro, onde justamente dizia que estava pronto para partir e meses após sua musa Marienne Ihlen, para queme screveu uma carta, dizendo que a seguiria em breve. Em entrevista a revista The New Yorker, ele já havia falado sobre o tema (o disco também fala sobre a morte e da proximidade com Deus). Afirmou que uma “grande mudança estava por vir” em sua vida e constia justamente na “proximidade da morte”. “Espero que não seja muito desconfortável. Só isso”, disse.

Suas músicas mais conhecidas são “Hallelujah”, “Dance to the end of love” e “So Long, Marienne”. Leonardo Cohen nasceu em 1934 em Québec, no Canadá e escolheu Los Angeles para passar a velhice.

Gravou 14 álbuns de estúdio, um dos mais conhecidos é Songs of Love and Hate (1971). Abixo escute o disco mais recente do artista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *