M.I.A. toca música inédita, divulga título de álbum e troca data de lançamento

Se alguém mais estiver com a sensação de que a M.I.A. está meio perdida, me avise: primeiro, a cantora apareceu com “Born Free”, música violenta [e foda] tanto visual quanto sonoramente. O clipe chegou a ser banido de vários canais, inclusive do YouTube, por exibir uma criança levando um tiro [fake, óbvio] na cabeça. Daí, na tarde de ontem, a BBC transmitiu uma outra faixa inédita de Mathangi Maya, “XXXO”, que soa mais ou menos como Lady Gaga cantando Britney Spears. Ou Little Boots cantando Madonna. Sei lá. A mudança brusca ainda foi intercalada pelas atividades da cantora no M.E.E.T., selo fundado por ela há pouco tempo. Talvez M.I.A. esteja enlouquecendo com tanto trabalho – mas, como se diz em Alice no País das Maravilhas, “os loucos são as melhores pessoas”. De qualquer forme, ouve aí:

Variedade é bom e eu gosto, mas “XXXO” não desceu muito bem. Cadê a explosão à la “Born Free”? De onde saiu essa veioa inconvenientemente pop? Enquanto o disco não sai, vale mais a pena deixar Kala em loop mesmo. E, a propósito, o tal CD vai se chamar /\/\/\Y/\, tipo Maya escrito com barras. A data de lançamento acabou mudando, também, indo de 29/6 para 13/7. A arte do trabalho vai ser mais ou menos nessa pegada, ó:

Capa de XXXO

[via]