Morre Redson, um dos pioneiros do punk no Brasil

Edson “Redson’ Pozzi, lendário vocalista e guitarrista do grupo de Punk Rock Cólera, faleceu nesta terça-feira (27), aos 49 anos. A notícia veio através da página do Facebook da banda.

Fundada em 1979, se tornando uma das pioneiras do punk em São Paulo e no país (participando da coletânea Grito Suburbano), o Cólera foi a primeira banda brasileira a excursionar pela Europa, no ano de 1987 e discos como Pela Paz Em Todo o Mundo e Deixe a Terra em Paz são considerados clássicos do punk nacional. Fica nossa homenagem a um dos expoentes máximos do Punk Brasileiro, que morreu prematuramente, mas deixa um legado imprescindível na nossa cultura.

  • Redsom e Cólera… Faz parte nesse momento a educação e o entendimento do significado dessa morte. Uma das lições fica quanto a postura do rock independente. Um cara que monta uma banda pioneira, que puxa pro movimento punk um sentido de construir uma cultura, que estabelece contatos pra fazer (na época) a maior turnê européia de uma banda brasileira (tocando no lado Leste da Europa, no então mundo socielista) e enquanto os pioneiras do movimento assinavam com gravadoras ou davam uma “parada”, o Cólera tava lá, tocando em lugares que nunca haviam tocado antes. Abrindo fronteiras e tocando do mesmo jeito em grandes festivais e locais menores. E pra nós de Serrana, sentimos o quanto somos parte dessa história. E agradecemos a Redson, Val e Pierre por terem vindo nesse último Caipiro Rock em Serrana, o terceira da banda por aqui.

  • Redson faria uma participação especial no show dos Inocentes no Festival Mundano aki no D.F. Infelizmente não deu tempo, mas certamente a homenagem será bonita!