Move That Jukebox e a noite paulistana

Nós, do Move That Jukebox, estamos sempre frequentando a noite paulistana, seja para prestigiar nossas queridas ir a alguma festa de um blog parceiro ou simplesmente sair para beber e se divertir sem preocupações. Eu, Marçal, sou paulista da gema, meeeu, e sempre que posso vou para algum bar ou baladjenha pela cidade. Alex saiu da longínqua Teresópolis para morar em São Paulo há mais de um mês e tem frequentado festas como nunca. Neto está pelo menos uma vez por mês pela cidade e passa essas estadias com muita gente, música e cerveja.

Existem aqueles lugares que todo mundo conhece e não precisamos nem explicar onde é – mas, como estamos falando de São Paulo, que a cada dia inaugura dezenas de lugares novos, é sempre bom ter algum guia de coisas pra se fazer por aqui. Uma ferramenta interessante, que nossa brotha Ana Freitas também já falou no blog dela, é o The Ride, um site que conta com uma interface de Google Maps mas oferece algumas opções extras bem interessantes.

Além da rota entre dois pontos, o site mostra também o que tem de melhor na região, e isso inclui lojas, bares, baladas, restaurantes, teatros e mais um monte de coisas. Dá pra ver detalhes de cada lugar e fazer comentários para os outros usuários verem, como no foursquare. No final ainda dá pra selecionar umas músicas pro trajeto e salvar pra mandar pros amigos. Fizemos nossa própria rota, passando por lugares que costumamos visitar, numa região um tanto óbvia pra quem conhece o blog: Augusta e arredores. Afinal, esse é o melhor lugar para quem curte o ‘underground’ paulistano.

O trajeto começa na Paulista, na Livraria Cultura, onde sempre gostamos de ir para comprar livros, CDs e DVDs. Descendo na Augusta, logo à direita tem o BH, onde dá pra encontrar uma das melhores coxinhas de São Paulo, ótima pra forrar o estômago antes da bebedeira. Indo mais abaixo na ladeira, tem a Neto Discos (que não é do nosso Neto, infelizmente) e a Endossa, loja colaborativa direcionada a marcas pequenas e muitas vezes amadoras. Já mais pra baixo começa a brincadeira pra quem gosta de música: Tapas, Studio SP, Vegas, Outs, e na rua paralela, a Bela Cintra, tem a Funhouse, que hospeda mensalmente a Delicious Jukebox. Parada obrigatória.

O The Ride atualmente cria rotas apenas no Rio de Janeiro e São Paulo, mas em breve mais cidades estarão disponíveis, a escolha deve depender do número de sugestões. Então peçam por suas cidades. E paulistas, vamos explorar a capital, e caso nos encontrem pela noite, se apresentem que eu pago a cerveja.

1 Comentário para "Move That Jukebox e a noite paulistana"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *