Os 18 anos de “Definitely Maybe”, o disco de estreia histórico do Oasis

No dia 30 de agosto de 1994, o Oasis lançava seu álbum de estreia com vendagem mais rápida até o momento, passando 177 semanas nas paradas de sucesso do Reino Unido (até hoje o disco vendeu mais ou menos oito milhões de cópias em todo o mundo).

“Rock N’ Roll Star” denunciava o desejo que Noel Gallagher (compositor de todas as músicas do disco) tinha de sair de Manchester, sua cidade natal. O músico chegou a declarar que a faixa era uma dos três casos em que ele realmente queria dizer algo (Eu praticamente resumi tudo o que eu queria dizer em “Rock ‘n’ Roll Star” “Live Forever” e “Cigarettes & Alcohol”, depois disso eu estou me repetindo mas de diferentes maneiras). Recentemente Liam Gallagher e o Beady Eye voltaram a incluir “Rock N’ Roll Star” em seus seus shows, anos após o fim do Oasis.

“Live Forever”, outro grande sucesso do disco, foi composta por Noel Gallagher ainda nos tempos de roadie do grupo Inspiral Carpets. Diz a lenda que essa canção foi a principal razão para Liam permitir que seu irmão mais velho fizesse parte de sua banda.

Em um determinado momento da produção do disco, os integrantes da banda não conseguiam chegar a um acordo sobre qual deveria ser o primeiro single do disco. Noel resolveu o problema escrevendo Supersonic em apenas um dia, convencendo os colegas e o produtor Alan McGee a torná-la o primeiro single do álbum, ao invés de “Bring It On Down” (até então a preferida de McGee).

A faixa favorita desde que vos escreve. Originalmente “Columbia” foi composta para ser um tema instrumental do disco, mas aos quarenta e cinco do segundo tempo, Noel decidiu incluir letras na música.

Quem nunca plagiou que atire a primeira pedra. “Cigarettes & Alcohol” é um dos tantos casos em que Noel Gallagher recorre aos velhos ídolos para criar algo novo. No caso, “Get It On”, do bom e velho T.Rex. Mas curiosa mesmo é a versão de Rod Stewart lançada no álbum When We Were the New Boys (em versão ao vivo logo na sequência e, diga-se de passagem, que versão amigos!!!).

Como toda canção de amor que se preze, boa parte de “Slide Away” veio do conturbado relacionamento de Noel Gallagher com Louise Jones (foram seis anos juntos, entre várias separações), que também influenciou bastante a criação de “Married With Children”, além de ser a primeira pessoa a ouvir “Live Forever”.

Para finalizar a nossa homenagem, uma pequena resenha do meu amigo Neto Rodrigues, seguida do áudio completo do disco:

Oasis – Definitely Maybe

Viver intensamente, postura “foda-se”, drogas e todos os excessos que o dinheiro poderia comprar. Definitely Maybe, um desses discos da vida de muita gente, já prenunciava tudo que serviria de base para a carreira do Oasis.

Polêmicas à parte, o álbum se sustenta – e muito bem, obrigado – sozinho.

Ou você conhece muitos LPs que fazem você se esquecer dos botões que te jogam pra música seguinte? E aqui, não se emocionar é desperdício.

Ouvir “Live Forever” sem se arrepiar faz de você uma pessoa pior, sabia?

Por que não berrar o refrão de “Rock N’ Roll Star” se ele foi feito justamente pra isso?

Cantar “Cigarettes & Alcohol” bêbado, derramando cerveja, é algo que todos deveriam fazer pelo menos uma vez por semana.

“Supersonic” faz você querer se encurvar levemente pra frente e imitar as peculiaridades vocais de Liam – mas só até o solo entrar. Aí, você se imagina empunhando uma guitarra com a bandeira do Reino Unido num estádio lotado.

“Slide Away” e “Columbia” ultrapassam a marca de seis minutos de duração – e está pra nascer alguém que irá reclamar.

Não esboçar um sorriso com a melodia de “Married With Children” é privar o espírito e os tímpanos de minutos de rara tranquilidade.

Há 18 anos, os Gallaghers avisaram que, naquela noite, eles eram as estrelas do rock. Se continuaram ou não, é outra história. O que importa é a capacidade que um disco tem de se tornar pequenos refúgios pessoais.

Pouquíssimos conseguem.

E há algo de especial em um álbum ao qual você recorre mesmo quando sua pasta de lançamentos está lotada. Afinal, o futuro é promissor e atraente, mas não há nada como ouvir uma velha sequência de acordes para reconfortar os ouvidos.

  • Alessandra

    Impossível não sentir as mesmas emoções de Neto Rodrigues ao ouvir essa preciosidade que é Definitely Maybe .

  • Vander Luiz

    Oasis é foda!!!
    http://youtu.be/L7otGXoo5So

  • Amo esse album, especialmente a ultima faixa!
    Banda com muitas intrigas e historinhas era essa, né?! Porexemplo: reza a lenda que o fundador só convidou o irmão por ele ser bonitão – já que a voz não era lá essas coisas(palavras de Noel) e toda banda que se preze tem que ter um vocalista bonito pra atrair as girls!

  • Este album marcou epoca. Impecavel.
    Sem Mais.

    CHEERS!!!