Planeta Terra ‘09 – The Ting Tings (Parte 6/9)

Antes do fim do show do Sonic Youth, eu estava com um certo mau-humor que surgiu com a chuva estragando meu cabelo. Então, eu e minha nova melhor amiga, a capa-de-chuva, fomos ao Coca Cola Zero Stage aguardar o The Ting Tings. Por mais boba e fútil que possa parecer, um dos principais motivos da minha ida ao Planeta Terra era a dupla britânica. Depois de tanto dançar Great DJ e That’s Not My Name nas pistas, queria muito ouvi-los ao vivo.

Tingtings2

acho charmosa.

Quando Jules De Martino subiu no palco e começou a tocar seu teclado, a galera gritou. Em seguida, a fofa Katie White surgiu, e todo mundo en-lou-que-ceu. Eles abriram com We Walk, num ritmo mais lento que o normal. Talvez tenha sido isso que não tenha me empolgado tanto quanto imaginei que empolgaria. Logo em seguida, veio Great DJ, o grande hit que todo mundo sabia cantar.

Vale contar que Katie foi muito simpática lendo uma folha com a frase clichê: “nós estamos muito felizes de tocar pela primeira vez no Brasil. Meu português é uma merda. Vou parar de falar e vamos dançar!”. Então, veio a sequência de musiquinhas dançantes que já conhecemos. Ou melhor, que alguns de nós conhecem, porque, pelo menos no lugar onde eu estava, eu era a única que sabia cantar todas as músicas.

Provavelmente por só ter um CD (We Started Nothing, 2008), e rolar uma falta de setlist, a dupla deu uma enrolada: músicas mais longas que o necessário e o Jules (um tanto arrogante, na minha opinião), brincando de DJ com hits dos anos 80. É impossível ter uma banda de duas pessoas e tocar tudo ao vivo, concordam? Então teve uma festa de bases gravadas e samplers que a Katie usava, juntamente com a guitarra, enquanto o Jules mandava ver no teclado e na bateria. Pra terminar, um bis com That’s Not My Name. Embora eu tenha terminado o show morta de tanto pular, achei que eles são mais impressionantes no álbum do que ao vivo.

Setlist :

1. We Walk
2. Great DJ
3. Fruit Machine
4. Keep Your Head
5. Be The One
6. We Started Nothing
7. Shut Up and Let Me Go
8. Impacilla Carpisung
9. That’s Not My Name

Leia Também:

Planeta Terra ’09 – Metronomy
Planeta Terra ‘09 – Primal Scream
Planeta Terra ‘09 – Sonic Youth
Planeta Terra ‘09 – Móveis Coloniais de Acaju
Planeta Terra ‘09 – Maximo Park

4 Comentários para "Planeta Terra ‘09 – The Ting Tings (Parte 6/9)"

  1. Não achei o Jules arrogante de maneira alguma.
    E não tocou traffic light mesmo!
    Eu amei o show do Ting Tings. A Katie é fofa e foi muito legal da parte dela de não falar só “Obrigado” e “Obrigado São Paulo” como os outros artistas. Isso pra mim é clichê. Agora falar “Meu português é uma merda, então vamos dançar” foi PRICELESS.
    Eu não gostei da qualidade do som eu tava quase na grade e as vezes não conseguia ouvir a voz da Katie direito. Isso foi a única parte que realmente me incomodou. Tá na hora deles lançarem um segundo CD e fazer um show grande de verdade.

  2. Não tocou Traffic Light mesmo. Acho que ela fazia parte do setlist original e eles tiraram.

    Durante o show, a partir desse momento, o nome das músicas começou a aparecer errado no telão. Em Be The One apareceu escrito Traffic Light e assim por diante.

  3. Obrigada Gregório, vou arrumar!
    E Emillie, no meu rascunho desse texto, tava escrito assim: “…a frase clichê:’nós estamos muito felizes de tocar pela primeira vez no Brasil.’ E depois: ‘Meu português é uma merda…”
    Estranho Oo. Mas concordo com você quanto a isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *