Resenha: Silversun Pickups – Swoon

swoon

Um dos álbuns mais esperados por mim nesse primeiro semestre fiiiiinalmente vazou na internet! 2 semanas antes do previsto, Swoon já pode ser ouvido pelos muitos fãs que elegeram o debut do Silversun Pickups, Carnavas, como um dos melhores discos lançados em 2006.

Mas infelizmente, e pode ser pela expectativa exagerada que eu tinha quanto a esse disco, minhas primeiras impressões não foram tão boas. O segundo trabalho do Silversun não chega a ser ruim, veja bem. Só que eu esperava mais de uma banda que logo no primeiro disco já veio com faixas absurdamente boas como “Lazy eye“, “Future foe scenarios” e “Well thought out twinkles“.

Swoon pode facilmente ser dividido pela metade. De suas 10 músicas, as 5 primeiras demonstram uma banda aparentemente amadurecida, com faixas um pouco mais progressivas mas conservando as boas influências, principalmente do Smashing Pumpkins. A dupla inicial de músicas começa bem o disco, com destaque pra segunda, “The royal we”, com belos arranjos de orquestra. “Growing old is getting old” e “It’s nice to know you work alone” vêm em sequência e dão uma boa expectativa pro restanto do disco.

sspu

A quinta faixa é “Panic switch”, primeiro single, melhor música do álbum, uma das melhores da banda e uma das minhas favoritas de 2009, so far. Apesar de não ter visto muito significado na letra, a música tem um dos refrões mais poderosos que eu escutei em uma música ultimamente. Dica: escute-a com o volume no talo!!! Hehe.

Bem, até ai eu achava que estava escutando um dos grandes discos do ano. Confesso que ele ainda pode chegar nessa posicão pra mim, com o passar do tempo e depois de escutá-lo mais. Mas duvido muito, pois a segunda metade de Swoon soa um tanto quanto preguiçosa. Com a notória exceção de “Sort of”, as 4 faixas restantes fogem da força que o Silversun impôs nas músicas de seu primeiro trabalho e que eram justamente o mérito do dito cujo. Repito, Swoon não é um disco ruim. Das 10 faixas contidas no disco, gostei de 6. O que não deixa de ser um retrocesso, já que, como fanzaço do debut desse quarteto californiano, gostei de todas as 11 faixas contidas em Carnavas.

Mas mesmo que eu odiasse 9 faixas do disco, ainda recomendaria-o pelo seu primeiro single, a excelente “Panic switch”.

Nota: 3.0/5.0

Download looooogo ali na comunidade de downloads do MTJ!

Por Neto Rodrigues, que acabou de fazer uma uma mini-resenha sobre o novo disco do Doves, bem aqui.

8 Comentários para "Resenha: Silversun Pickups – Swoon"

  1. Cd com a cara deles…show de bola !!!!

    Umas duas que não gostei…mas qm sabe escutando mais umas tres vezes não curto o Cd todo né?!?!?!

  2. Pingback: Clipe: Silversun Pickups - Panic Switch « Move That Jukebox!

  3. Não é por nada, mas apesar de achar que o Carnavas é a obra-prima deles até o momento, Swoon manda muito bem!!Minha preferida é “The Royal We”!

  4. Aaah eu vim baixar o CD agoriiiinha!
    Ouvi Panic Switch hojee xD E comecei a procurar mais coisas sobre a banda ^^

    Quando ouvir, venho comentar de novo….

  5. Vou ouvir o álbum pela primeira vez hoje, mas só prestei atenção nele pois Panic Switch está no maravilhoso trailer de Sucker Punch – Mundo Surreal. Amei a música de primeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *