The Young Veins e sua nova (e simpática) música

Depois de um parcial desmanche do Panic! At The Disco, os desertores da franja os ex-membros Jon Walker e Ryan Ross resolveram formar a banda The Young Veins.

A banda já tinha disponibilizado uma canção em seu Myspace, chamada “Change”. E, há poucos dias, numa rádio americana, a dupla apresentou uma nova canção, “The other girl” – uma balada beatleniana bem agradável:

A música estará no debut da dupla, intitulado Take a Vacation. O disco tem previsão para ser lançado no começo de 2010.

  • Leandro

    O Panic at the Disco melhorou muito – muito mesmo – seu repertório no segundo álbum. O que era o emo eletrônico do primeiro, se transformou em um álbum multi-instrumental com canções bem “beatleanas” no segundo. Tanto é que a banda teve de tirar o “!” do nome para acompanhar essa mudança de estilo musical. Acontece que essa transformação mostrava que a banda estava dividida. O vocalista, o Brendon, queria um som mais do primeiro álbum, e o Ryan, um som mais conceituado dos anos 60. Foi quando eles começaram a pensar no terceiro álbum que, provavelmente, houve o desmanche. Continuar com o som do Brendon ou do Ryan? Desta forma, o Panic at the Disco voltou a ser Panic! At the Disco, o Ryan saiu e a banda acabou, ficando apenas uma dupla no Panic! e outra no The Young Vains.

    Estou escrevendo toda essa história porque não acho justo a fama do Panic at the Disco ser tão mal vista, uma vez que eles só foram realmente conhecidos pelo som do primeiro álbum, que era o som que importava à mídia. O segundo álbum ficou completamente apagado pela MTV e nunca ninguém soube nada sobre ele, apenas aqueles que ouviram. Então fica aqui a minha FORTE recomendação para que baixem o segundo álbum da banda, o “Pretty. Odd.”, que tem esse estilo do The Young Veins e que com certeza vai agradar a muita gente que tem preconceito com a banda.

    E antes que venham falar que eu tenho um gosto influenciado pela mídia, e ruim, gostaria apenas de citar alguns dos meu favoritos artistas, como Patrick Wolf, Final Fantasy, Cloud Cult, The Dresden Dolls, Sufjan Stevens e Andrew Bird, que tem como a multi-instrumentalidade o conceito básico de sua música.

  • eu sempre gostei de panic #prontofalei
    o primeiro cd tem suas perolas tambem.. é ácido, eu gostava.. as frases de closer nas músicas eram incríveis…
    mas como na maioria das bandas pop famosas atualmente: os fãs são ridículos.

  • Isadora

    [2] gigantesco no Leandro.

  • O comentário foi gigantesco sim, mas concordo com o Leandro.

  • sério q os ex emos do ex panic agora se chamam Jovens Veiudos?

  • Isadora

    eu quis dizer que concordo muito, que o meu [2] era tipo, um super “assino em baixo” no que ele disse.

  • Entendi, Isadora. 🙂
    Ambas concordamos com o Leandro então.

  • Gui

    melhor que praticamente todas do Panic, de boa.

  • David

    Inclusive passei a gostar da banda quando lançaram o pretty.odd. Agora tenho medo do que virá no novo álbum do Panic, mas vamos esperar. Se nao for bom, tem o Young Veins pra compensar.