Tiê e Lulina tocam com bandas latinas nesse final de semana, no SESC Pompéia

Nesse final de semana, o selo Si No Puedo Bailar, No Es Mi Revolución, comandado pelo brasileiro Rodrigo Macieira, embala duas noites de música indie no SESC Pompéia, em São Paulo, a preços bem camaradas. Os shows fazem parte do projeto Seus Pares Latinos, que estreou em 11 de junho com os brasilienses do Móveis Coloniais de Acaju dividindo o palco com o Rosário Smowing, octeto argentino.

Hoje, sexta-feira (18), o Seus Pares Latinos apresenta o show do Franny Glass, nome artístico de Gonzalo Denis, vocalista do Mersey. O músico sai do Uruguai, sua terra natal, pra divulgar por aqui seu novo trabalho solo, Hay un Cuerpo Tirado en la Calle, cheio de referências a Elliott Smith e Belle & Sebastian. O rapaz toca com Tiê, prima musical de Thiago Pethit e mãe do belíssimo Sweet Jardim, de 2009.

No sábado, dia 19, é a vez do SESC Pompéia receber o show da sentimentalista Lulina, queridinha dos críticos musicais brasileiros. Quem for ver a cantora ainda assiste à apresentação do Jóvenes y Sexys, que eu descrevi como “folk venezuelano com cara de Juno” em um post do falecido Lhamas e Bananas. Vamos?

Serviço:

Franny Glass (URU) e Tiê
18 de junho de 2010, às 21h
R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (Usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante) e R$ 5,00 (Trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependente)
Sesc Pompeia – Choperia
Rua Clélia, 93 – São Paulo – SP

Jóvenes y Sexys (VEN) e Lulina
19 de junho de 2010
, às 21h
R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (Usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante) e R$ 5,00 (Trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependente)
Sesc Pompeia – Choperia
Rua Clélia, 93 – São Paulo – SP