Yeasayer, união de culturas no Indie Stage do Planeta Terra

O primeiro show internacional do Indie Stage aconteceu quando já era noite e com uma banda das mais hypadas do ano. Graças ao segundo disco, Odd Blood, com várias músicas ótimas, o Yeasayer foi uma das bandas mais comentadas e ouvidas de 2010.

O show foi curto e direto, com apenas 10 músicas muito bem tocadas. A famosa “Madder Red” abriu a apresentação com seus ‘uuuu’ sendo entoados pelos mais familiarizados com a banda, e aos poucos os integrantes foram ganhando a confiança do público. A formação intercultural contribui também para um som muito variado e cheio de influências. Falsetes, timbres de reggae na guitarra, percussão e solos de teclado não faltam.

Foto por Raphael Bispo

As músicas eram cantadas pelo frontman Chris Keating e também pelo guitarrista Anand Wilder (que eu olhava e só conseguia ver o Raj do Big Bang Theory), sempre com os backing vocals de Ira Wolf, o baixista grandão responsável pelos falsetes. Um dos grandes momentos do show foi a música ‘2080’, que tem um arranjo vocal muito interessante, e só não foi melhor pois o som do baixo estava pouco nítido. A banda mostrava o tempo todo estar muito satisfeita com a apresentação e o público, sorrindo sempre. Keating chegou a revelar que é casado com uma brasileira, pois as brasileiras são as mulheres mais bonitas do mundo. Elas gritaram, invejando a compatriota.

Para fechar o show, veio o parzinho de ouro da banda, “O.N.E”. e “Ambling Alp”. A primeira delas poderia ter sido um pouco mais dançante. O povo estava querendo de se mexer e a versão mostrada ao vivo era bem menos balançada do que a que se ouve no álbum. Talvez um pouco mais de percussão resolveria o problema. Mas no geral, o show foi ótimo e com certeza angariou muitos fãs para a banda e alegrou que já os escutam desde All Hour Cymbals, de 2007.

4 Comentários para "Yeasayer, união de culturas no Indie Stage do Planeta Terra"

  1. HAHAHA, o Anand Wilder é mesmo a cara do Raj.
    Eu falava pro meu namorado: “O carinha indiano…”

    O show deles foi ótimo, foi um dos que eu mais gostei!
    Parabéns pelo texto e pelo blog.

    😀

  2. FOI SENSACIONAL ESSE SHOW!!!
    Nem meu pé quebrado me impediu de vê-los!!! Pulando com a pata zuada – tava nem aí!!!

    Ótimo show!

  3. Showzaço mmesmo! E a simpatia do Keating chamou muito a atenção. Eu lembro dele brincando após Madder Red dizendo que nunca tinha tocado antes num lugar com uma montanha russa e um castelo “and an HP sign…. oh! That’s a printer shit!”. Foi hilário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *