George Harrison: Biblioteca Britânica expõe manuscrito desconhecido

Uma desconhecida letra do ex-beatle George Harrison está sendo exposta pela Biblioteca Britânica. O manuscrito, encontrado por Hunter Davies (mais conhecido como escritor da biografia oficial dos Beatles), possivelmente foi escrito durante o período em que o grupo trabalhou na criação do álbum “Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, em 1967.

Na nova introdução que escreveu para o relançamento de seu livro, o escritor relata a forma na qual recolheu alguns papéis no chão do estúdio Abbey Road, considerados lixo, mas que guardou como souvenires, e hoje de valores inestimáveis. Em release para a imprensa, a biblioteca disse:

Se Davies não tivesse recolhido os papéis, é quase certo que teriam sido jogados fora pelos faxineiros.

A música nunca chegou a ser gravada, e possivelmente nem chegou a ser musicada.

“Im happy to say that its only a dream

when I come across people like you,

its only a dream and you make it obscene

with the things that you think and you do.

Your so unaware of the pain that I bear

and jealous for what you cant do.

There’s times when I feel that you haven’t a hope

but I also know that isn’t true.”


Do outro lado da folha, instruções de como chegar à casa de campo de Brian Epstein, em Sussex, reforçam a suposição da letra ter sido escrita antes de agosto de 1967, quando o empresário morre devido a uma overdose acidental de pílulas para dormir.

Jamie Andrews, um dos funcionários da Biblioteca Britânica disse:

A letra escrita por George é tudo o que resta da canção. Só podemos imaginar como ela poderia ter soado. É um artigo inestimável e tremendamente interessante de memorabília dos Beatles.

Alguns outros itens percententes à memorabília dos Beatles podem ser encontrados na biblioteca, como por exemplo a letra de “A Hard Day’s Night”, escrita por John Lennon no verso do cartão de aniversário que enviou ao seu filho Julian.

fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *