O comercial sem sentido do iPhone com o She & Him

Desde o início do mês a Apple está exibindo em diversos canais gringos uma nova propaganda do iPhone, em que “In The Sun”, música do She & Him, é protagonista (apesar de não fazer parte da trilha). O objetivo do comercial é mostrar a você, caro detentor de um iPhone, como o aparelho possui diversas funções que você desconhece. Acontece assim: a moça fala que foi numa baladz na noite anterior, ouviu uma música que não conhecia, gostou e usou um aplicativo chamado Shazaam para identificá-la. Daí ela descobre que a tal música era “In The Sun” e acaba por baixar o Volume 2 inteiro, pagando, na iTunes Store. Então… (veja o vídeo antes de continuar lendo)

… Então o pessoal da Prefix viu o vídeo e fez umas observações interessantes sobre alguns #fails no background do comercial. Achei interessante e resolvi compartilhar, afinal:

Existem algumas presunções que não fazem sentido aqui:

1. Que alguém realmente tem um álbum completo do Owl City no iPhone.

2. Que alguém que ame o supracitado Owl City também goste de Neon Indian, Grizzly Bear e Phoenix porque, não, não existe nenhuma diferença entre o público deles.

3. Que alguém que fez uma seleção meticulosa e estereotipada de músicas indies no iPod ainda não teria uma versão vazada de Volume Two, do She & Him.

4. Que essa tal pessoa não seria capaz de reconhecer a voz da Zooey Deschanel sem um aplicativo estúpido.

Algum engraçadinho também fez uma paródia (bem mais ou menos) do comercial do “novo” iPhone. É interessante, até.

  • Não são exatamente #fails. Isso significa que o indie virou mainstream de vez.

  • Alexia

    Particularmente, acho que só de o indie ter virado mainstream já é fail o bastante.

  • Felipe

    Legal mesmo é rap sendo mainstream

  • Samuel Vaz

    É, com certeza não virou mainstream, mas She & Him pode virar pop facinho facinho… E outra, eu tenho Owl City, Neon Indian, Grizzly Bear e Phoenix no meu HD… nem é tão fail assim… hehehehe